Houve um breve momento, no começo do segundo tempo, no qual o Bayern de Munique estava campeão da Alemanha. O Borussia Dortmund empatava com o Fortuna Düsseldorf, e Goretzka havia feito 1 a 0 para os bávaros contra o RB Leipzig. No entanto, esse gol foi anulado por impedimento, com o auxílio do assistente de vídeo, e nenhum outro foi marcado no leste do país. Como o Dortmund conseguiu eventualmente vencer por 3 a 2, a definição do título da Bundesliga ficou para a última rodada.

O duelo entre o líder e o terceiro colocado do Campeonato Alemão não foi o mais bonito de se ver. Embora tenha sido movimentado e equilibrado, houve muitos erros técnicos e decisões erradas que explicam o 0 a 0 do placar. Mesmo assim, no começo do segundo tempo, Konaté aliviou mal de cabeça dentro da área, e Goretzka afundou as redes. No entanto, no começo da jogada, Lewandowski estava meio pé impedido. Após consultar o assistente de vídeo, o árbitro anulou o lance.

O Borussia Dortmund havia aberto o placar, com Pulisic, e sofrido o empate de Oliver Fink, no começo da segunda etapa. Minutos depois da anulação do gol de Goretzka, Thomas Delaney fez 2 a 1 para os donos da casa. Logo na sequência, Dodi Lukebakio teve a chance de ouro de empatar, mas bateu o pênalti todo torto.

Mario Götze achou que tivesse dado tranquilidade ao Borussia Dortmund, com um belo gol aos 47 minutos do segundo tempo, quando Adam Bodzek, do Düsseldorf já havia sido expulso, mas este time de Lucien Favre gosta demais de emoção. Dawid Kownacki descontou, aos 50, e os visitantes ainda tiveram uma chance de ouro de empatar, no último segundo, em uma jogada de bola parada, mas a finalização saiu por cima do gol de Hitz.

O empate do Düsseldorf daria o título para o Bayern de Munique. Mas o Borussia Dortmund, mesmo tendo tropeçado demais na reta final, empatando com o Werder Bremen e perdendo do Schalke 04, além da goleada por 5 a 0 que sofreu dos bávaros, mantém-se na briga até a última rodada. Encara o Borussia Monchengladbach, fora de casa, enquanto o Bayern recebe o Eintracht Frankfurt.