Julian Weigl, de cabeça, marcou seu primeiro gol com a camisa do Benfica e garantiu a vitória por 2 a 1, após quatro empates consecutivos do seu time pelo Campeonato Português, aos 47 minutos do segundo tempo, contra um Rio Ave que estava com dois jogadores a menos – e terminaria a partida com três.

O Benfica vem escorregando na liga portuguesa. Empatou os últimos quatro jogos, dois deles desde o retorno da paralisação pela pandemia de coronavírus, e antes da sequência havia perdido de Porto e Braga, com uma vitória apertada contra o Gil Vicente.

Sofreu diante do sexto colocado do Português, que abriu o placar, aos 26 minutos do primeiro tempo, com um gol de cabeça de Mehdi Taremi, mas viu a situação melhorar à medida em que os cartões vermelhos começaram a aparecer.

O primeiro foi para Mutassim Al Musrati, que recebeu o segundo amarelo por matar um contra-ataque no meio-campo. Dois minutos depois, Nuno Tavares cruzou da esquerda e Harris Seferovic completou às redes para empatar.

Aos 28 minutos, Nuno Santos ergueu demais o pé e acertou Pizzi na altura do ombro. Após a revisão do assistente de vídeo, o árbitro Luis Godinho mudou a cor do cartão que havia dado a Santos, e o Rio Ave ficou com dois menos.

Apesar da vantagem numérica, a vitória saiu apenas nos minutos finais, em uma cobrança de escanteio. Pizzi bateu, e Weigl subiu para completar de cabeça. “Foi um momento especial para mim e um gol muito importante. É o primeiro gol de cabeça da minha carreira e estou um pouco surpreso, mas contente, por ajudar a equipe”, disse o alemão ao Sport TV.

Diogo Figueiras ainda foi expulso por reclamação antes do apito final. O Benfica chegou a 64 pontos e divide a ponta da tabela, empatado com o Porto.

.

.

.

.

.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore