Ao Real Madrid, não há outra resposta aos questionamentos além das vitórias. E o importante neste momento de recuperação dos merengues não é exatamente a boa sequência, mas a maneira afirmativa como os resultados acontecem. São com placares dilatados e boas atuações ofensivas. Zinedine Zidane, ao que tudo indica, encontrou a melhor forma de seu time atuar e conquistou outra goleada neste sábado. Os merengues visitaram o Estádio Municipal de Ipurua e derrotaram o Eibar por 4 a 0, em noite que valeu ainda mais pela fluidez exibida pela equipe.

Desta vez, Zidane entrou com uma formação um pouco diferente da habitual. Rodrygo e Toni Kroos ganharam um descanso, para as participações de Luka Modric e Lucas Vázquez. Federico Valverde continua como uma peça intocável no meio-campo, assim como Karim Benzema é o grande protagonista no ataque. Já na lateral, Marcelo de novo se ausentou, após sentir lesão durante o primeiro tempo do jogo passado. Ferland Mendy veio em seu lugar.

Que o Eibar não seja o adversário mais intimidador, o Real Madrid havia perdido por 3 a 0 no mesmíssimo estádio de Ipurua durante a temporada passada. Assim, os merengues pareciam também querer deixar uma nova impressão à torcida local. E isso se notou desde os primeiros minutos, com um ataque veloz e insaciável. Benzema ia muito bem na sua função, não só por servir de referência, mas também por se movimentar e abrir espaços. Após alguns lances rechaçados pelo goleiro, o centroavante abriu o placar aos 17.

Outro que chamava o jogo para si era Eden Hazard, a mil por hora na ponta esquerda. Muito participativo, o belga sofreu o pênalti que Sergio Ramos converteu, para ampliar aos 20. Já aos 27, Hazard também participou do lance que rendeu o terceiro gol. Deu uma linda inversão rasteira para Lucas Vázquez, que invadiu na área e terminou derrubado. Benzema pegou a bola e fez. Com três gols em menos de meia hora, os madridistas faziam o suficiente para encher os olhos de sua torcida, especialmente pela plasticidade de algumas jogadas.

O Eibar ainda deu esboços de reação no final do primeiro tempo, mas não conseguiu acertar a meta de Thibaut Courtois em suas conclusões. E o Real Madrid tratou de matar o jogo no início da etapa complementar. Modric recebeu na direita e Valverde estava totalmente livre na meia-lua. Recebeu o presente e agradeceu com um chute seco, no cantinho. Outro a premiar seu trabalho neste momento, que explica bastante o crescimento dos merengues. O uruguaio é onipresente. No fim, nem mesmo o esforço dos bascos rendeu o gol de honra.

O Real Madrid segue lutando palmo a palmo com o Barcelona pela liderança do Campeonato Espanhol. Ambos os clubes somam 25 pontos, mas os blaugranas têm vantagem no saldo de gols – já que o confronto direto ainda não aconteceu. Não é a melhor sequência dos merengues, mas as demonstrações de melhora são inegáveis. Enquanto isso, o Eibar ocupa o 15° lugar, com 15 pontos.

Classificações Sofascore Resultados