Normal
0

21

false
false
false

PT-BR
X-NONE
X-NONE

MicrosoftInternetExplorer4

/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-qformat:yes;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-fareast-font-family:”Times New Roman”;
mso-fareast-theme-font:minor-fareast;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

A Inglaterra entra em campo nesta sexta-feira para enfrentar a Bulgária, em Sofia, pelo Grupo G das eliminatórias para a Eurocopa de 2012. O English Team espera aproveitar o bom início de temporada de alguns dos seus jogadores, como Wayne Rooney, Ashley Young e o zagueiro Chris Smalling, todos do Manchester United.

O zagueiro inclusive é cotado para começar o jogo na lateral direita, onde Glen Johnson não pode jogar, machucado. Como tem jogado bem nesta posição pelo Manchester United, o técnico Fabio Capello deve colocá-lo no setor.

Ashley Young, contratado pelos Red Devils nesta janela de transferências, faz bom início e marcou dois belos gols contra o Arsenal, pela Premier League, no domingo. O jogador deve iniciar a partida atuando pelo lado esquerdo do campo.

Wayne Rooney, por sua vez, começou a temporada com cinco gols em quatro jogos, além de uma assistência e ser eleito o melhor da partida em dois dos quatro jogos. A boa fase é um contraste em relação ao início da temporada passada, que o jogador considerou a pior da sua carreira, apesar de ter terminado bem, marcando gols e ajudando o time a vencer o 19º título da Premier League e chegar ao vice-campeonato da Liga dos Campeões.

Além dos três jogadores que devem iniciar o jogo, o Manchester United ainda tem outros dois convocados, Phil Jones, 19 anos, e Tom Cleverley, 23 anos, que podem jogar pela primeira vez pela seleção inglesa.

O capitão do time, John Terry, afirmou que os jogadores estão preparados para jogar pelos Three Lions, apesar da pressão. “Eles estão em um clube grande, então eles vêm para o elenco da Inglaterra e se sentem confortáveis. Eles estão bem confiantes neles mesmos porque são grandes talentos e certamente bons o suficientes para o futuro da Inglaterra”, disse o capitão.

“Você não vai para o Manchester United se você não está pronto. Eles mostraram grandes desempenhos individuais e coletivos também no Manchester United, então eles claramente estão prontos”, afirmou ainda o jogador do Chelsea.

O outro time de Manchester, o City, é quem terá mais jogadores no time titular: o goleiro Joe Hart, o zagueiro Joleon Lescott e o meia Adam Johnson. O homem mais avançado no atacante será Darren Bent, do Sunderland.

Itália: “Não estamos classificados”, diz Prandelli

Com cinco pontos de vantagem no Grupo C das eliminatórias, a Itália entra em campo nesta sexta contra um dos times mais fracos da competição, as Ilhas Faroe. O técnico Cesare Prandelli, porém, faz questão de manter os pés no chão e não admite que o time se considere classificado, ainda que tenha cinco pontos de vantagem para a segundo colocada, Estônia.

“Eu quero dar consistência ao novo projeto, mas nós iremos ver quando mudar o time durante a partida”, disse Prandelli. “Nós ainda não estamos classificados e temos que manter o foco. Nós sabemos que estamos perto, mas eu tenho confiança no nosso jogo”.

O time que entrará em campo deve ser o mesmo que venceu a Espanha, na última partida, no dia 10 de agosto, com a escalação: Gianluigi Buffon; Christian Maggio, Andrea Ranocchia, Giorgio Chiellini e Domenico Criscito; Daniele De Rossi, Andrea Pirlo e Riccardo Montolivo; Alberto Aquilani; Antonio Cassano e Giuseppe Rossi.

Na história, a Itália venceu todos os jogos contra as Ilhas Faroe. São três vitórias em casa e uma vitória fora de casa. O último jogo foi em 2007, em Torshavin, quando os italianos venceram por 2 a 1, dois gols de Filippo Inzaghi.

A França entra em campo contra a Albânia, fora de casa, pelo Grupo D. Os Bleus são líderes, um ponto à frente de Belarus e três à frente da Bósnia. A Albânia está em quinto, com a mesma pontuação da Romênia, a quarta. Luxemburgo é lanterna, com um ponto.

A Alemanha, líder do Grupo A com 21 pontos, enfrenta a Áustria fora de casa. Caso vença, os comandados por Joachim Löw garantem classificação à Eurocopa. Mario Gomez está fora, machucado, assim como Sami Khedira.

Confira os jogos desta rodada das eliminatórias europeias:

Sexta, 2/set

Grupo A
Azerbaijão x Bélgica
Turquia x Casaquistão
Alemanha x Áustria

Grupo B
Rússia x Macedônia
Andorra x Armênia
Irlanda x Eslováquia

Grupo C
Irlanda do Norte x Sérvia
Eslovênia x Estônia
Ilhas Faroe x Itália

Grupo D
Belarus x Bósnia
Luxemburg x Romênia
Albânia x França

Grupo E
Finlândia x Moldova
Hungria x Suécia
Holanda x San Marina

Grupo F
Israel x Grécia
Geórgia x Letônia
Malta x Croácia

Grupo G
Bulgária x Inglaterra
País de Gales x Montenegro

Grupo H
Noruega x Islândia
Chipre x Portugal

Grupo I
Lituânia x Liechtenstein
Escócia x República Tcheca