Líder do Grupo G, o Porto só dependia de si para confirmar a classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões. Não seria um jogo fácil contra o Dynamo Kiev, mas o empate já serviria aos lusos dentro de casa. Pois a equipe perdeu o confronto precioso e colocou em risco sua vaga na próxima fase. Derrotados pelos ucranianos por 2 a 0, os portistas pegarão o Chelsea em Londres na rodada final. E se não vencerem, dependerão de um tropeço do Dynamo contra o lanterna Maccabi Tel Aviv, em Kiev. Tudo bem que a fase dos Blues não é das melhores, mas não deixa de ser uma missão complicada, ainda mais diante do caminho aberto que tinham nesta terça-feira.

Mesmo como visitante, o Dynamo partiu para cima no Estádio do Dragão. E, depois de acertar a trave, abriu o placar no primeiro tempo com um pênalti convertido por Yarmolenko. Já no início da segunda etapa, o Porto até tentou a reação, mas ganhou um balde de água fria aos 19 minutos. Em chute fraco de Derlis González, Casillas tentou defender com a mão mole e acabou aceitando o gol. Frango do veterano, que até viveu bons momentos em seu recomeço em Portugal. Mas que, agora, pode pagar uma péssima noite ao lado dos companheiros com a eliminação.