A Copa da Armênia não é um torneio que você para o que estiver fazendo e assiste. Nesta sexta-feira, porém, a decisão da competição se tornou candidatíssima ao rótulo de “partida mais maluca da temporada”. Foram dez gols anotados durante os 120 minutos, além da decisão por pênaltis. Contra o favorito Ararat Armenia, o Noah começou o segundo tempo tomando de 4 a 1 e buscou o empate por 4 a 4 antes do apito final. Já na prorrogação, mais um gol de cada lado, determinando o 5 a 5. Nos pênaltis, o esforço do Noah seria recompensando, com a vitória por 7 a 6 após 18 cobranças. Rendeu o título inédito aos alvinegros.

Fundado em 2017, o Noah conquistou o acesso à primeira divisão logo em sua temporada de estreia no Campeonato Armênio. Já em 2019/20, após a troca de donos e um mercado de transferências bastante intenso, os novatos já fazem uma campanha relevante na liga. Ocupam a segunda colocação, a um ponto do Ararat Armenia – campeão pela primeira vez na temporada passada e outro clube de ascensão recente. Nesta sexta, porém, o Noah já mostrou sua capacidade de desbancar os favoritos.

Responsável por eliminar o tradicional Ararat Yerevan na Copa da Armênia, o Noah começou mal a decisão. O Ararat Armenia abriu três gols em meia hora. Ogana Louis, Alan Tatayev (numa lambança contra) e Yusuf Otubanjo fizeram os gols. Maksim Mayrovich até descontou ao Noah com um presente do goleiro, mas o Ararat logo fez o quarto com Louis. A reação inimaginável aconteceu rápido e, com 22 minutos do segundo tempo, o Noah havia empatado em 4 a 4. Mayrovich, Vladimir Azarov e Dan Spataru balançaram as redes. A igualdade prevaleceu ao fim dos 90 minutos e Azarov até botou o Noah (com um jogador a mais) em vantagem na prorrogação, mas Otubanjo arrancou o 5 a 5 a cinco minutos do fim.

Já nos pênaltis, foram dois erros para cada lado nas primeiras cinco séries. Os times passaram a acertar o pé nas alternadas, até que Artur Danielyan isolasse a nona cobrança do Ararat. A taça premiava a luta intensa do Noah. A campanha, além do mais, garante o time nas preliminares da próxima Liga Europa. E ainda dá para sonhar com o título do Campeonato Armênio, a um ponto do líder Ararat Armenia. A rodada final guardará justamente o confronto direto. Os alvinegros certamente vão mais confiantes ao duelo.