Clube a clube, o Guia Trivela da Bundesliga 2020/21

A Bundesliga 2020/21 começa em meio a uma antítese. Naturalmente, existe um interesse maior à competição pelo momento do Bayern de Munique. Os bávaros provaram, na última Champions, que têm o melhor time da Europa na atualidade e a qualidade do jogo apresentado por Hansi Flick é inegável. Entretanto, a fase espetacular do Bayern reduz as chances de uma real disputa pela Salva de Prata nesta edição – algo que já costuma ser raro. Que os times logo abaixo na tabela venham em evolução, o salto recente dos alvirrubros acabou sendo maior.

Ainda é, independentemente disso, um campeonato interessante de se acompanhar pelo bom nível técnico e pela quantidade de talento à disposição. E que talvez a ameaça ao Bayern não dure tanto, esta temporada está repleta de histórias. O Borussia Dortmund segue como o principal perseguidor, com uma dose de espetáculo por suas jovens promessas. O RB Leipzig não foi semifinalista da Champions à toa e, embora tenha perdido Timo Werner, verá mais um ano de consolidação sob as ordens de Julian Nagelsmann. Isso sem contar Borussia Mönchengladbach e Bayer Leverkusen, outros que saem de boa campanha, com futebol ofensivo e vários jogadores de valor.

Mais abaixo, há a expectativa se times como Wolfsburg, Hoffenheim ou Eintracht Frankfurt podem encurtar as distâncias. Se o Freiburg continuará se superando, prestes a inaugurar um novo estádio. Ou se o Hertha Berlim fará valer seu investimento altíssimo. Gigantes como Schalke 04, Werder Bremen, Colônia e Stuttgart tentam se afastar das crises. Isso sem falar de equipes sem tanta tradição na elite, como Union Berlim ou Arminia Bielefeld, que tentam escrever histórias longas na primeira prateleira após acessos recentes – a exemplo do milagre já vivido por Mainz 05 ou Augsburg.

Aos poucos, os estádios alemães tentam normalizar sua vida e a primeira rodada já terá portões parcialmente abertos em quase todos os jogos. A paixão nas arquibancadas, um elemento vital ao futebol alemão, fez falta na reta final da campanha passada. Mas não é apenas nisso que se concentram os atrativos. E, que a falta de um adversário mais consistente ao Bayern crie um clima de monotonia, o equilíbrio em outras partes da tabela e a qualidade em vários times fazem valer a atenção à Bundesliga.

Abaixo, nosso tradicional guia, com a apresentação de todos os 18 participantes da Bundesliga. Confira:

Arminia Bielefeld

Augsburg

Bayer Leverkusen

Bayern de Munique

Borussia Dortmund

Borussia Mönchengladbach

Colônia

Eintracht Frankfurt

Freiburg

Hertha Berlim

Hoffenheim

Mainz 05

RB Leipzig

Schalke 04

Stuttgart

Union Berlim

Werder Bremen

Wolfsburg