O Liverpool recebeu permissão da prefeitura da cidade para sediar o restante dos seus jogos como mandante pela Premier League em Anfield, e o Goodison Park foi confirmado como palco do clássico contra o Everton, em 21 de junho, que pode determinar o primeiro título inglês dos Reds desde 1990.

O clássico e os jogos em que o Liverpool possa assegurar o título foram colocados em uma lista de risco pelo chefe nacional de segurança dos estádios pelo medo de que torcedores pudessem se aglomerar nos arredores.

As 92 partidas restantes da Premier League serão retomadas com portões fechados e medidas de distanciamento social ainda em ação para conter a disseminação do coronavírus.

O próprio prefeito de Liverpool, Joe Anderson, havia dito que tinha medo do comportamento dos torcedores, mas mudou de opinião no começo da semana. “Estamos em uma posição melhor do que quatro semanas atrás. Conseguimos transmitir por que é tão importante que ninguém se aglomere nos arredores dos estádios”, disse.

Até terça-feira, o estádio St. Marys, do Southampton, ainda estava sendo cogitado como campo neutro para o clássico, mas, segundo o Guardian, o panorama mudou quando a prefeitura de Liverpool e a polícia de Merseyside passaram a apoiar a realização do duelo em Goodison Park.

O comitê que tomou a decisão contou com representantes da polícia, dos bombeiros e de grupos de torcedores dos dois clubes. “Estamos confiantes que os torcedores desses dois grandes clubes respeitarão os conselhos de segurança e evitarão visitar os estádios em que houver partidas em casa ou fora dela”, afirmou um comunicado conjunto dos grupos Blue Union, do Everton, e Spirit of Shankly,  do Liverpool.

“Entendemos completamente a importância do isolamento como medida para controlar a COVID-19 e encorajamos os torcedores a ficarem afastados dos estádios e evitar aglomerações”, acrescentou.

A vice-prefeita de Liverpool, Wendy Simon, afirmou que ficou satisfeita com as evidências fornecidas pelo governo, pelos clubes, por autoridades sanitárias e pela polícia de Merseyside de que será possível realizar os jogos restantes da temporada da Premier League, com segurança, nos dois principais estádios da cidade.

“Muitos fatores foram levados em consideração, especialmente a segurança de jogadores, árbitros e funcionários. Estamos confiantes que as medidas permitirão que os jogos sejam realizados com portões fechados. Aconselhamos que todos, onde quer que estejam vendo esses jogos, adotem com rigidez as orientações de distanciamento social”, disse.

O Liverpool pode ser campeão vencendo o Everton, caso o Manchester City seja derrotado pelo Arsenal, em um dos dois primeiros jogos do retorno da Premier League, que haviam sido adiados por causa da final da Copa da Liga Inglesa.

Em Anfield, ainda receberá Crystal Palace, Aston Villa, Burnley e Chelsea.

.