Clássico no Uruguai e jogão na Alemanha são destaques

Nacional e Peñarol fazem um jogo com muita história, Dortmund e Bayern disputam a ponta da Bundesliga e muito mais. Confira no roteiro da semana

Clássicos são um dos grandes motivos de futebol ser tão legal e simbolizam como é muito mais que um esporte. Alguns dos que acontecem neste fim de semana trazem alguns desses saborosos elementos que formam uma rivalidade. Nacional e Peñarol se enfrentam no tradicional palco, o estádio Centenário, em Montevidéu. A rivalidade surgiu no final do século XIX, quando o Peñarol era um clube formado por imigrantes ingleses e o Nacional surgiu um pouco depois para ser um clube, como o nome diz, para os locais. Até nas suas filosofias foram opostos na criação. Os dois clubes já nasceram rivais.

Na Alemanha, Borussia Dortmund e Bayern de Munique fazem um duelo de duas forças bem diferentes. Se o time de Munique se caracteriza pela força financeira, o Dortmund consegue sua força montando times com menos dinheiro e mais observação – embora nesta temporada tenha voltado a gastar um pouco mais, graças também ao Bayern, que pagou uma boa grana para levar Götze para a Baviera. Confira esses e outros destaques do fim de semana no roteiro:

Programação de TV do fim de semana

O jogão

Borussia Dortmund x Bayern de Munique
Sábado, 15h30 – ESPN

Sem Ribéry, Robben (dir.) é a principal, estrela do Bayern
Sem Ribéry, Robben (dir.) é a principal, estrela do Bayern

Não é o maior clássico alemão, mas é o confronto das duas maiores forças do país. Não por acaso, decidiram a última Liga dos Campeões e estão muito bem novamente no torneio continental. Só que os dois times terão desfalques importantes.

O lateral direito Lukasz Piszczek não jogou ainda nenhuma partida por lesão. O zagueiro Neven Subotic está afastado por seis meses depois de lesão séria. O outro titular, Mats Hummels, fica fora por lesão até o início de 2014. O lateral esquerdo, Marcel Schmelzer, também está fora com lesão na panturrilha. Para resolver essa crise defensiva, o técnico Jürgen Klopp contratou Manuel Friedrich, que estava sem clube desde deixar o Bayer Leverkusen na temporada passada. E pode até ganhar um lugar no time titular, pelas muitas ausências.

No Bayern, a grande ausência é de Frank Ribéry. O francês foi o principal destaque do time na temporada passada e nesta está mantendo o nível, mas a fratura na costela o impedirá de estar em campo. Além dele, Bastian Schweinsteiger também estará fora com uma lesão no tornozelo.

Com 36 jogos sem perder na Bundesliga, o Bayern terá uma missão difícil no estádio Signal Iduna Park, com 80 mil pessoas e a torcida fazendo pressão.  Já o Dortmund venceu os seis últimos jogos disputados em casa. Na Supercopa da Alemanha, o time aurinegro venceu por 4 a 2, no primeiro confronto entre Klopp e Pep Guardiola. Desta vez, os dois times brigam para estar na ponta da tabela. O Bayern tem 32 pontos e é o primeiro colocado, enquanto o Dortmund está a quatro pontos, com 28.

O cara

Giuseppe Rossi
Udinese x Fiorentina
Domingo, 12h00

Giuseppe Rossi é o destaque da Fiorentina (AP Photo/Fabrizio Giovannozzi)
Giuseppe Rossi é o destaque da Fiorentina (AP Photo/Fabrizio Giovannozzi)

Rossi está fazendo um excelente início de temporada pela Fiorentina. Em 12 jogos, 11 gols marcados e um desempenho que o levou de volta à seleção italiana, onde também marcou um gol. Elogiado pelo seu técnico na Fiorentina, Vincenzo Montella, que disse que ele é o melhor jogador da Serie A atualmente, a missão de Pepe Rossi é levar a Fiorentina para cima na tabela – e para isso precisa vencer a Udinese fora de casa e tentar chegar mais perto dos primeiros colocados. Atualmente em quinto lugar, com 24 pontos, uma vitória pode levar o time a tomar a posição da Internazionale, quarta, se esta não vencer o seu jogo com o Bologna.

O brasileiro

Philippe Coutinho
Everton x Liverpool
Sábado, 10h45 – ESPN Brasil

Philippe Coutinho, do Liverpool
Philippe Coutinho, do Liverpool: é hora de brilhar

O clássico de Merseyside deve ter o brasileiro Philippe Coutinho como titular do time. Com a proximidade da Copa do Mundo e o azar de ter se lesionado justamente quando parecia que seria chamado pelo técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, é hora de Coutinho mostrar a forma que começou a temporada e que vinha jogando no Liverpool desde janeiro. Até porque o time precisa vencer os Toffees, mesmo jogando na casa do adversário, porque está a dois pontos do Arsenal, líder da Premier League. A dupla de ataque do Liverpool é o destaque do time, com Daniel Sturridge e Luis Suárez voando. No Everton, os volantes McCarthy e Gareth Barry tem sido excelentes e devem complicar muito a criação de jogadas pelo meio. Kevim Mirallas e Steven Pienaar fazem o trabalho pelas pontas e o atacante Romelu Lukaku é muito perigoso.

O reencontro

Verona x Chievo
Sábado, 15h00

O dérbi de Verona volta a acontecer na Serie A depois de 11 anos. Com o Verona de volta à principal divisão italiana, os dois times se enfrentam no estádio Marcantonio Bentegodi. O último jogo entre os dois no Campeonato Italiano foi no dia 24 de março de 2002. O Chievo, mandante do jogo, venceu por 2 a 1. No Verona, que tem feito ótima campanha e está em sexto lugar, os destaques são Juan Iturbe e o centroavante Luca Toni. O Chievo é o pior time na tabela, lanterna do Italiano.

Vale uma zapeada

América x Tigres
Domingo, 20h55 – ESPN+

O jogo de ida das quartas de final do Campeonato Mexicano terá o melhor time da primeira fase e atual campeão, América, contra o Tigres, que tem um bom time. O Renan Barabanov analisou os confrontos das quartas de final do Mexicano e recomendo que você leia o que ele falou sobre esse e os outros confrontos.

O clássico

Nacional x Peñarol
Domingo, 17h – ESPN Brasil

Peñarol e Nacional é o grande clássico uruguaio
Peñarol e Nacional é o grande clássico uruguaio

O maior clássico uruguaio será disputado neste domingo no estádio Centenário, em Montevidéu. O Peñarol, atual campeão, pode impedir que o Nacional chegue à liderança, já que o time está a dois pontos do Danubio, líder do Uruguaio com 26 pontos. Para continuar com esperança de título, o tricolor precisa vencer o arquirrival.

Os destaques do atual Nacional são o zagueiro Andrés Scotti, veterano de 37 anos, o meio-campista Álvaro Fernández e o atacante Iván Alonso, outro veterano, de 34 anos. Álvaro Recoba está no elenco, mas não deve nem ir para o banco.

No Peñarol, Marcelo Zalayeta, um ídolo do time, deve ficar no banco. Ele foi destaque na temporada 2012/13, marcou 16 gols em 35 jogos, somando todas as competições, e foi fundamental. Nesta, se machucou e acabou perdendo a posição. O time está longe da ponta, é só o 11º colocado com 12 pontos. O capitão do time, Antonio Pacheco, é a principal esperança de vitória do time.

Como todo Nacional x Peñarol, a segurança será reforçada e deve ser um clássico aguerrido, mesmo que não seja tecnicamente brilhante. Só por isso, vale ficar de olho.

Fique de olho

CSKA Moscou x Spartak Moscou
Sábado, 10h55 – ESPN+, Terra

O clássico de maior rivalidade na Rússia terá o seu confronto neste fim de semana. O CSKA Moscou, campeão russo, é o quarto colocado com 30 pontos, enquanto o Spartak é o terceiro, com 33. O líder é o Zenit, com 36 e o Lokomotiv Moscou é o segundo, também com 33 pontos. O CSKA tem um meio-campo e ataque fortes, com os suecos Rasmus Elm e Pontus Wernbloom formando a dupla de volantes, uma linha de três meias com Ahmed Musa pela direita, Keisuke Honda pelo meio e Zoran Tosic pela esquerda e Seydou Doumbia no ataque. No lado do Spartak, um dos volante também é sueco, Kim Kallstrom, além do brasileiro Rafael Carioca. Destaque para os pontas Aiden McGeady e José Manuel Jurado.

Roma x Cagliari
Segunda, 17h45 – Fox Sports

Líder do Campeonato Italiano, a Roma tenta se recuperar da instabilidade que se instaurou nas duas últimas rodadas. O time venceu dez jogos em sequência, os dez primeiros do campeonato, mas empatou os dois últimos jogos. Para mostrar que o time segue sendo aquele dos primeiros jogos, os giallorossi querem voltar a vencer. De preferência, jogando um grande futebol.

Milan x Genoa
Sábado, 17h45 – Fox Sports

Robinho é um dos bons coadjuvantes do Milan (Foto: AP)
Robinho é um dos bons coadjuvantes do Milan (Foto: AP)

Empolgado com as boas atuações na Seleção Brasileira, Robinho retorna ao Milan para tentar dar ao time um pouco mais de qualidade no ataque. Ele deve ser o titular do ataque, ao lado de Balotelli, com Kaká como armador vindo do meio-campo. Se Robinho conseguir ser o grande coadjuvante que vem sendo nesta temporada, tem tudo para ajudar, e muito, o time. Precisa de consistência, que é algo que o brasileiro não tem conseguido nos últimos anos jogando em clubes.

Reims x Paris Saint-Germain
Sábado, 14h00 – ESPN

Com Robinho e Willian tendo aproveitado muito bem suas chances na seleção brasileira, Lucas precisa começar a mostrar mais futebol para ter alguma chance de estar na Copa jogando, não só assistindo. Só que para isso, precisa ganhar definitivamente seu lugar, o que não tem sido fácil. Jéremy Ménez e Ezequiel Lavezzi são concorrentes que muitas vezes ficam à frente do brasileiro e, inclusive, são os mais cotado para começarem o jogo. A partida também é uma boa chance para ver Zlatan Ibrahimovic em campo depois da Eliminação na repescagem da Copa. O atacante deve estar sedendo por sangue por mostrar seu bom futebol para impressionar as pessoas e, quem sabe, conseguir ainda alguns votos na Bola de Ouro. Difícil, mas por que não? Isso além de aumentar a sua conta pessoal de gols, é claro.

Passe longe

Hull x Crystal Palace
Sábado, 13h

Um confronto que não deve trazer muitos atrativos. O time da casa, o Hull, está em 12º lugar com 14 pontos e tem tido uma campanha irregular, ainda que se mantenha mais para o meio da tabela depois de vir da segunda divisão, o que é ótimo para as pretensões do clube. Nos últimos seis jogos, três derrotas, um empate e uma vitória, na última partida. O adversário, Crystal Palace, é o lanterna da Premier League e perdeu cinco dos últimos seis jogos. Certamente um duelo bem pouco atraente, mesmo para quem gosta de futebol alternativo.