A Liga dos Campeões chega a sua segunda rodada sem grandes certezas, mas com algumas afirmações. Pelo desempenho inicial, Bayern Munique, Barcelona e Real Madrid se colocam outra vez como fortes candidatos ao título, enquanto Napoli, Arsenal, Atlético de Madrid e Paris Saint-Germain almejam a ascensão. As boas atuações da largada se repetirão ou alguns se recuperarão, como Juventus e Borussia Dortmund? Motivos mais que suficientes para acompanhar o caminhão de jogos que acontecem a partir desta terça-feira. Confira o roteiro:

O jogão

Manchester City x Bayern Munique
Quarta-feira, 2 de outubro (ESPN e Band)

Enfim, o Manchester City terá sua grande oportunidade de provar maturidade na Liga dos Campeões. Se os ingleses decepcionaram nas últimas duas temporadas, podem mostrar sua força no Estádio Etihad, contra os atuais campeões continentais. O problema é justamente superar o Bayern Munique, que mantém o nível que o levou ao topo do pódio em 2012/13. E os próprios Citizens já conhecem esse potencial, com uma vitória e uma derrota na fase de grupos há dois anos – em Manchester, 2 a 0 a favor, contra o mistão dos bávaros, já classificados.

Tarimbado na LC, Manuel Pellegrini espera que a qualidade ofensiva de seu time traga o resultado positivo, especialmente quando enfrentará uma defesa que só sofreu sete gols em 12 jogos na temporada. O City, por sua vez, anotou 22 gols em oito jogos, ainda que os tropeços tenham acontecido com certa frequência. O problema será justamente se acertar atrás, onde não tem demonstrado a solidez costumeira nos últimos anos. E, convenhamos, esta é uma questão delicada quando se terá pela frente Franck Ribéry, Arjen Robben, Thomas Müller e Mario Mandzukic.

– Veja a programação de TV desta semana

Fique de olho também

Borussia Dortmund x Olympique de Marseille
Terça-feira, 1º de outubro

O contraste entre a festa de Valbuena e a decepção de Gundogan, em 2011/12  (AP Photo/Frank Augstein)
O contraste entre a festa de Valbuena e a decepção de Gundogan, em 2011/12 (AP Photo/Frank Augstein)

O confronto entre Dortmund e Marseille, na rodada final da fase de grupos, foi um dos mais eletrizantes da Champions 2011/12. A virada por 3 a 2 dos marselheses, tirando dois tentos de desvantagem no marcador e com um golaço de Mathieu Valbuena aos 42 do segundo tempo, valeu não apenas a classificação do clube às oitavas, como também a lanterna aos aurinegros. Desde então, o ambiente das equipes mudou bastante, ainda que muitos dos jogadores sejam os mesmos. Uma vitória é valiosíssima para ambos os lados, diante dos tropeços na rodada de abertura. O favoritismo, no entanto, é do time de Jürgen Klopp, voando na Bundesliga.

Juventus x Galatasaray
Quarta-feira, 2 de outubro

A princípio, o Galatasaray surgia como a principal ameaça à hegemonia que se desenhava de Real Madrid e Juventus na chave. Todavia, a derrota acachapante para os merengues em Istambul deixou o Cim Bom sem rumo. Para sorte, a chance de recuperação acontece contra a Juventus, que também decepcionou na rodada de abertura ao não ir além do empate em Kobenhavn. O problema será encarar a forte equipe bianconera em Turim, onde mantém ótimo retrospecto. Também ficam as expectativas sobre Roberto Mancini, que se reencontrará com Carlos Tevez, com quem teve problemas justamente em um City x Bayern pela LC.

Celtic x Barcelona
Terça-feira, 1º de outubro (ESPN Brasil e Esporte Interativo)

Watt faz festa depois do gol contra o Barça em 2012 (AP Photo/Scott Heppell)
Watt faz festa depois do gol contra o Barça em 2012 (AP Photo/Scott Heppell)

Glasgow traz péssimas lembranças ao Barcelona. Foi na cidade escocesa que os blaugranas viveram um de seus piores pesadelos na temporada passada, quando mantiveram quase 90% de posse de bola e acabaram derrotados pelo Celtic. Apesar de o favoritismo permanecer com os visitantes, eles já estão escaldados com a força ofensiva dos Bhoys. E terão um pouco mais de trabalho para quebrá-la, já que Lionel Messi não estará em campo por lesão. Mais holofotes sobre Neymar, autor de cinco assistências em seus últimos cinco jogos.

O clássico europeu

Ajax x Milan
Terça-feira, 1º de outubro (Sports+)

A fase atual está longe de lembrar os melhores tempos vividos na Amsterdam Arena e em San Siro. Ainda assim, pelo peso de suas camisas, Ajax e Milan merecem respeito. Na história da Champions, foram sete confrontos entre os Godenzonen e os rossoneri. O mais memorável, em 1995, quando um time do Ajax cheio de prodígios venceu o Milan, atual campeão continental, com o célebre gol de Patrick Kluivert. Mesmo sem engrenar na Serie A, os milanistas devem causar preocupação nos holandeses, especialmente depois da vitória fácil contra o PSV nos playoffs.

O reencontro

Porto x Atlético de Madrid
Terça-feira, 1º de outubro

Os portistas estão entalados na garganta do Atlético de Madrid. Afinal, as duas últimas eliminações dos colchoneros na Liga dos Campeões aconteceram contra o Porto. Em 2008/09, os espanhóis caíram nas oitavas de final, de maneira bastante amarga: após dois empates, os gols fora de casa fizeram a diferença. Já na temporada seguinte, o Atleti caiu na fase de grupos, em uma chave que também contava com Chelsea e APOEL – mas ao menos compensaram com o título da Liga Europa, meses depois. A ótima fase do time de Diego Simeone permite aos visitantes sonharem com a vingança. Entretanto, o Porto permanece invicto na temporada e merece cautela no Estádio do Dragão.

O cara

Gonzalo Higuaín
Arsenal x Napoli
Terça-feira, 1º de outubro (ESPN+)

Higuaín comemora: mais um gol pelo Napoli (AP Photo/Antonio Calanni)
Higuaín comemora: mais um gol pelo Napoli (AP Photo/Antonio Calanni)

Se o centroavante titular do Arsenal hoje não é Higuaín, a culpa toda se deve à própria diretoria do clube. Os Gunners tinham tudo certo com o argentino, mas preferiram aguardar Luís Suárez antes de fechar o acordo. Acabaram sem nenhum dos dois, depois que o artilheiro arrumou as malas para a Itália. E certamente não deve se arrepender da escolha, vivendo fase inspirada com o Napoli, autor de quatro gols em sete jogos. Um desafio e tanto para os londrinos no Emirates, que lideram a Premier League e tentam chegar à nona vitória na temporada em 11 jogos.

O brasileiro

Alex Teixeira
Shakhtar Donetsk x Manchester United
Quarta-feira, 2 de outubro (ESPN Brasil)

Entre os brasileiros que atuam pelo Shakhtar Donetsk, Alex Teixeira está longe de ser o que tem mais grife. Entretanto, nenhum outro parece gozar de tanta confiança do técnico Mircea Lucescu do que ele. Nesta temporada, já foi escalado como reposição de Fernandinho e, nos últimos jogos, vem fazendo a função que era de Henrikh Mikhtaryan. E a primeira vitória na LC aconteceu graças a ele, autor dos dois gols contra a Real Sociedad. A Donbass Arena costuma ser uma fortaleza para os Kroty e é lá que eles esperam roubar pontos preciosos do Manchester United, que lida com a crise no início da gestão de David Moyes.

Dica do Fantasy

Cristiano Ronaldo
Real Madrid x Kobenhavn
Quarta-feira, 2 de outubro (Sports+)

Pode ser óbvio, mas ter o português no time é a garantia de uma boa quantidade de pontos. Na rodada inicial, Cristiano Ronaldo foi o jogador que mais pontuou no game da Uefa, ao marcar três gols. Se fez tudo isso contra o “inferno vermelho” do Galatasaray em Istambul, pode repetir diante da legião branca no Santiago Bernabéu, contra o Kobenhavn.

Passe longe

Steaua Bucareste x Chelsea
Terça-feira, 1º de outubro (ESPN)

Becali é o presidente do Steaua Bucareste
Becali é o presidente do Steaua Bucareste

Em si, o jogo na Arena Nacional promete ter suas qualidades. Depois de cair em casa para o Basel, o Chelsea precisa urgentemente dos três pontos. Enquanto isso, o Steaua Bucareste tenta fazer valer sua maior tradição no torneio continental que os Blues – na qual possui oito participações a mais, com um título e um vice para cada lado. O problema se concentra mais nas tribunas. Presidente do Steaua, Gigi Becali sequer verá o jogo do estádio, já que está preso por fraudes contra o Estado Romeno. E Roman Abramovich também não é das melhores pessoas, acusado por envolvimentos criminosos na Rússia. Em uma partida com dois personagens tão suspeitos, é melhor tomar cuidado com a carteira.

E pela Liga Europa…

Dnipro x Fiorentina
Quinta-feira, 3 de outubro (ESPN)

O Dnipro não é o maior principal candidato a roubar o trono do Shakhtar Donetsk, mas faz uma boa campanha no Campeonato Ucraniano. Além disso, o desempenho na última Liga Europa credencia a equipe. Um adversário perigoso para a Fiorentina, um dos destaques na rodada inaugural da competição e que tem um elenco qualificado o suficiente para chegar às fases decisivas. Nesta quinta, também vale prestar atenção nos confrontos entre Anzhi x Tottenham e Sevilla x Freiburg.