Três derrotas seguidas foram uma anomalia na temporada do Manchester City. Custaram caro, especialmente as duas para o Liverpool que significaram a eliminação da Champions League. Mas os comandados de Guardiola reencontraram o caminho das vitórias contra o Tottenham, neste sábado, e venceram, em Wembley, por 3 a 1. Ô City precisa de apenas três pontos para ser campeão inglês.

LEIA MAIS: E mais uma vez, o time de Guardiola perdeu fôlego nos momentos decisivos da Champions

Os visitantes fizeram um primeiro tempo dominante contra o Tottenham, invicto pela Premier League há 14 partidas. A última derrota havia sido justamente contra o City, no meio de dezembro. O zagueiro-armador Vincent Kompany lançou Gabriel Jesus por trás da defesa. O brasileiro, recebendo críticas por algumas má atuações nesta temporada, teve categoria para dominar e colocar a bola nas redes, aos 22 minutos do primeiro tempo.

O segundo gol surgiu logo na sequência. Outra bola esticada encontrou Sterling, no bico direito da grande área. Por algum motivo ainda desconhecido, Lloris saiu do gol para fechar o ângulo e deu o bote no inglês. Cometeu falta, identificada como pênalti pela arbitragem, embora tenha sido fora da área. Gündogan cobrou muito bem e ampliou para 2 a 0.

 

O Tottenham ainda não tinha entrado no jogo. Apenas no final da primeira etapa conseguiu ameaçar um pouco e descontou meio por acaso. O passe de Kane para Eriksen foi bom, mas a “finalização” foi sem querer. O dinamarquês tocou de bico, a bola bateu em Laporte, que bloqueava de carrinho, novamente no meia do Tottenham e venceu o goleiro Ederson.

O City foi muito perigoso nos contra-ataques do segundo tempo. Gabriel Jesus e Sterling tiveram oportunidades de ampliar o placar e desperdiçaram. Em uma delas, o inglês chegou a bater Lloris, mas demorou demais para finalizar e parou na defesa do Tottenham. No entanto, na cobrança de escanteio, Jesus exigiu rebote de Lloris, e Sterling encheu o pé para conquistar os três pontos para o seu time.

Líder da Premier League com 87 pontos, o Manchester City está muito próximo do título. Pode conquistá-lo neste domingo, caso o Manchester United, 16 pontos atrás, perca do lanterna West Brom, o que não é muito provável. A melhor aposta é que levante o merecido troféu no próximo domingo, quando recebe o Swansea – ou na quarta-feira, data do jogo do United contra o Bournemouth, fora de casa.


Os comentários estão desativados.