Você consegue imaginar quais são os jogadores que têm as camisas mais vendidas na Europa nesta temporada? O site Kitbag.com, que vende camisas, revelou as camisas mais vendidas pela sua loja. Uma loja só não representa a Europa toda, é claro, e essa lista só dá um indício de como as coisas andam. E dos 10 jogadores da lista, cinco são sul-americanos. Uma demonstração de que o continente continua tendo alguns dos maiores talentos do mundo.

LEIA TAMBÉM: O Japão resolveu mudar completamente sua camisa titular e até que acertou

Entre eles, são dois brasileiros. Claro que Neymar, do Barcelona, está entre eles. O segundo é Philippe Coutinho, do Liverpool. O meia veste a camisa 10 do Liverpool, a mais procurada entre as camisas do clube de Anfield. Coutinho é o 10º na lista. Neymar, com a camisa 11 do Barcelona, é o 7º na lista.

Os outros sul-americanos também não são difíceis de adivinhar. O 9º colocado na lista é Alexis Sánchez, chileno do Arsenal, que veste a camisa 17 do clube londrino. O 8º colocado é Sergio Agüero, argentino do Manchester City. E, como era de se esperar, Lionel Messi é o líder em vendas de camisas. O número 10 do Barcelona é o primeiro colocado neste ranking.

Os demais são: Wayne Rooney, inglês do Manchester United, na sexta posição; Eden Hazard, belga do Chelsea, em quinto; Bastian Schweinsteiger, alemão do Manchester United, em quarto; Memphis Depay, holandês do Manchester United, em terceiro; e Cristiano Ronaldo, português do Real Madrid, em segundo.

Destes, o que chama mais a atenção é Depay. O holandês, contratação mais cara do Manchester United na temporada, fica atrás só dos fenômenos Messi e Cristiano Ronaldo, o que é um feito. Dá para atribuir isso a dois fatores. O primeiro é que o Manchester United têm muito peso, basta ver que a lista tem três jogadores dos Red Devils entre as 10 camisas mais vendidas. Isso já dá o tom da força que tem o clube na Inglaterra e fora dela. O segundo fator é o número que Depay veste, o 7. É uma camisa lendária no clube. Jogadores marcantes como George Best, Eric Cantona, David Beckham e Cristiano Ronaldo a vestiram ao longo dos anos. É o número que torcedor tem muito carinho.

É preciso levar em conta que a loja, por ser britânica, tem uma grande influência no fato de ter muitas camisas inglesas. E mostra a força também dos dois gigantes espanhóis, Real Madrid e Barcelona. Seja como for, a lista mostra que os sul-americanos continuam produzindo muitos talentos para os grandes times europeus. Não por acaso, aquele que é considerado o melhor ataque do mundo, o do Barcelona, é todo sul-americano: Neymar, Luis Suárez e Lionel Messi. Coutinho pode não estar no nível dos outros grandes craques citados no ataque do Barça, mas a sua presença em uma lista de vendas de camisas em uma liga tão importante quanto a Premier League, em um clube de tanto peso e tradição quanto o Liverpool, mostram que ele é um jogador que têm prestígio. E isso não é fácil conseguir.

Veja a lista na galeria: