Chelsea e Fulham farão o dérbi do oeste de Londres no Boxing Day, nesta segunda-feira no Stamford Bridge. Com um retrospecto recente bom na Premier League, os Blues precisam vencer para ao menos manter-se dentro do grupo dos quatro primeiros colocados, que dão vaga na Liga dos Campeões.

Depois de escapar da derrota diante do Tottenham no White Hart Lane com um esforço do capitão John Terry – que se jogou e desviou uma bola que ia para o gol, já nos acréscimos –, os comandados de André Villas-Boas recebem um adversário bem menos fortes. Ainda que o time do técnico Martin Jol não deva repetir a má atuação diante do Manchester United – quando acabou goleado por 5 a 0 em casa -, os Cottagers não devem ser páreo para os Blues no Stamford Bridge.

Villas-Boas tem duas preocupações para a partida. Branislav Ivanovic e John Obi MIkel deixaram o jogo contra o Tottenham por lesão e ainda há dúvida se ambos estarão disponíveis para a partida desta segunda-feira. A boa notícia para a torcida que vai ao Stamford Bridge é que o Fulham não assusta jogando fora de casa. São apenas quatro gols em oito jogos. Além disso, o retrospecto contra o Chelsea não é animador: apenas uma vez nos últimos 30 jogos os Cottagers conseguiram vencer o vizinho londrino na casa do adversário.

Com 32 pontos, o Chelsea está ameaçado por Arsenal (32) e Liverpool (30). Os Gunners jogarão contra o Wolverhampton na terça-feira no Emirates como claros favoritos, enquanto o Liverpool terá pela frente o Blackburn, lanterna do campeonato, em Anfield.

Times de Manchester jogam pela liderança

Com apenas dois pontos os separando, Manchester City e Manchester United terão pela frente adversários da parte de baixo da tabela para continuarem como os dois principais concorrentes ao título. Mais do que isso, o United olha para a possibilidade de um tropeço do rival para assumir a ponta.

Em Old Trafford, o United terá pela frente o Wigan, 18º colocado na Premier League. Mais do que isso: nos 13 jogos entre os dois, 13 derrotados dos Latics. Os comandados de Alex Ferguson vêm de quatro vitórias consecutivas e esperam conseguir a quinta para colocar colocando pressão sobre o rival City.

O time azul de Manchester irá jogar fora de casa contra o West Bromwich, que embora não seja um time assustador, venceu o Newcastle fora da casa na rodada passada. Roberto Mancini pode não ter Micah Richards e Edin Dzeko, ambos machucados. Ainda que o West Brom possa estar cheio de confiança, os citizens devem entrar em campo pensando em vencer para não perder a liderança para o rival da cidade, o que psicologicamente pode ser um baque.

Na quinta, o Tottenham irá enfrentar o Norwich fora de casa. Com um jogo a menos do que os rivais da ponta e a sete pontos do United, segundo colocado, os Spurs tentam defender seu terceiro lugar. Com Rafael van der Vaart potencialmente recuperado de lesão, o time deve ir completo para o jogo e tentar manter o ótimo retrospecto na temporada de 14 jogos e apenas uma derrota.

Veja os jogos da 18ª rodada da Premier League:

Segunda, 26/dez
Chelsea x Fulham
Bolton x Newcastle
Liverpool x Blackburn
Manchester United x Wigan
Sunderland x Everton
West Bromwich x Manchester City
Stoke x Aston Villa

Terça, 27/dez
Arsenal x Wolverhampton
Swansea x Queens Park Rangers
Norwich x Tottenham