O Chelsea foi multado em € 43 mil pelo comitê disciplinar da federação inglesa (FA), por causa do mau comportamento de seus jogadores na derrota por 2 a 0 para o Manchester United, dia 23 de setembro, pela Premier League.

Os jogadores dos Blues cercaram o árbitro Mike Dean após a expulsão de John Obi Mikel aos 32 minutos do primeiro tempo, na derrota por 2 a 0 para os Red Devils. O clube foi considerado culpado por não conseguir controlar seus atletas.

O auxiliar-técnico Steve Clarke recebeu uma multa condicional de € 7,2 mil, por ter se dirigido à equipe de arbitragem com palavras ofensivas no fim do jogo. A pena só será aplicada em caso de reincidência até o fim da temporada.

Segundo o site oficial do Chelsea, a FA levou em consideração o histórico de conduta de Clarke.