Ser campeão nas grandes ligas europeias não é das tarefas mais fáceis. Se o seu time está fora do seleto grupo que costuma se classificar à Champions League, então, fique à espera de um milagre. A cristalização das forças nas competições é algo evidente, em tempos nos quais o dinheiro pesa muito mais do que um trabalho de formação bem feito ou o peso da camisa. Não à toa, os campeonatos de Alemanha, Espanha, Inglaterra e Itália tiveram no máximo sete donos da taça nos últimos 25 anos. Na França, onde há uma predisposição maior às surpresas quando não há um grande esquadrão, foram 10 campeões. No Brasil, 11. Nesta semana, contamos a história de cinco campeões nacionais que surpreenderam. Blackburn, Kaiserslautern, Deportivo La Coruña, Boavista e Sampdoria conseguiram feitos que entraram para a história. Lembramos cada uma dessas cinco histórias, em cinco capítulos que foram ao ao durante esta semana.

INGLATERRA: Blackburn: o primeiro milionário da Premier League era sonho de um torcedor fanático

ALEMANHA: Kaiserslautern subiu da segundona para desbancar timaços e ser campeão logo de cara

ESPANHA: Com vários craques brasileiros, o Deportivo montou um esquadrão capaz de superar Barça e Real

PORTUGAL: O Boavista de 2001 fez o que era impensável: quebrou a hegemonia do trio de ferro em Portugal

ITÁLIA: A Sampdoria conquistou o Italiano em sua era de ouro e quase faturou também a Champions