Ole Gunnar Solskjaer recuperou o espírito do Manchester United de Alex Ferguson, na opinião do ídolo dos Red Devils, Eric Cantona. Desde que assumiu o cargo de treinador do clube, como interino após a saída de José Mourinho, o norueguês colecionou 11 vitórias em 13 partidas e recolocou o United na briga por vaga na próxima Champions League. 

LEIA MAIS: Dalot usou primeiro salário no United para comprar ônibus ao seu clube de infância

Para Cantona, Solskjaer é comparável a Guardiola em relação a Cruyff no Barcelona: alguém que entende o clube e suas filosofias mais do que ninguém. “Ele tem a alma do clube e você sente que ele foi inspirado por Alex Ferguson. É como Cruyff e Guardiola no Barcelona: Ole Gunnar é o filho espiritual de Alex Ferguson”, afirmou o francês

“Nem todos os jogadores podem se tornar treinadores, mas alguns deles conseguem e, para mim, é importante que, em um clube como o Manchester United, você tenha alguém que tem a alma do clube, que entende o clube de dentro. É por isso que eu mencionei Guardiola no Barcelona. Ele era jogador quando Cruyff foi treinador. Ele se tornou técnico do Barcelona com a alma do clube, e a alma de Johan Cruyff”, completou. “Você pode ter um treinador que vem fora, mas ele precisa entender o clube, ter a alma do clube”. 

Como torcedor do United, Cantona está “machucado” com a briga pelo título entre os rivais Manchester City e Liverpool. “Se o United tivesse começado a temporada dez jogos atrás, estaria no topo da liga. Eu prefiro que ninguém vença. É que nem me perguntar se eu prefiro ter dentes de madeira ou pernas de esponja”, explicou – ou, pelo menos, tentou. 

De qualquer maneira, Cantona gostaria de ver Solskjaer sendo confirmado como técnico permanente do United. “Eu adoraria ver isso. Não sei qual acordo ele tem com o clube, mas, para mim, como torcedor, é um grande sentimento sentir a alma do clube, finalmente. Nós perdemos isso quando Ferguson se aposentou. O clube finalmente tomou a decisão certa, a decisão que eu acho que deveria ter tomado tempos atrás”, disse. “Tem sido difícil, mas todos os clubes passam por momentos ruins. Eles voltarão, mas o pior foi perder a identidade do clube. Porque você pode ser derrotado desde que você perca com a identidade e a filosofia certas”.

Outro que acha que Solskjaer deveria ficar com o cargo definitivamente é Jürgen Klopp, técnico do Liverpool, adversário no clássico do próximo domingo. “Eu sempre disse que não somos mágicos, mas o potencial deste time do Manchester United é bom, isso sempre foi claro. Solskjaer chegou e encontrou as palavras certas e fez exatamente as coisas certas no treinamento. Ele ganhou experiência na Noruega e as pessoas que não estão diretamente envolvidas com futebol pensam que isso não é ser treinador de verdade, mas você tem que fazer as coisas que são necessárias para um treinador de futebol com jogadores que não têm o mesmo potencial dos daqui”, disse o alemão

“Estou muito feliz por ele, que ele teve a oportunidade de mostrar sua qualidade. Não é a melhor notícia para nós, obviamente, mas para todos os torcedores do Manchester United é brilhante que eles estejam retomando todas as coisas que Sir Alex Ferguson apoiava, mas com todas as coisas novas do futebol. Isso é muito bom, e os torna uma ameaça novamente. Eles sempre foram uma ameaça em jogos específicos, mas agora estão de volta ao caminho certo. Todos conseguem ver isso. Bom para eles”, encerrou.