Quem fica com Alisson? Veja as cotações das casas de apostas para a transferência do goleiro

O mercado de transferências ainda não se recuperou da notícia bomba que foi a contratação de Cristiano Ronaldo pela Juventus pela bagatela de 105 milhões de euros. Em meio as possibilidades de quem será o próximo camisa 7 do Real Madrid, como vimos aqui através das cotações do site especializado OddsShark.com para as aquisições de Neymar, Mbappé ou Harry Kane, o atual tricampeão da Liga dos Campeões está envolvido em uma nova especulação. Estamos falando do goleiro Alisson, titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2018 na Rússia e peça-chave da Roma na temporada passada. Sondado por vários grandes europeus, o ex-jogador do Internacional é a bola da vez no agitado mercado internacional.

Quem leva?

Não é novidade para ninguém que o Real Madrid é o principal foco do goleiro titular do Brasil. Afinal, que jogador não tem vontade de vestir a camisa merengue? No caso de Alisson, as apostas esportivas veem uma possível transferência do arqueiro revelado pelo Colorado com cotação de R$ 3,25 para cada real investido. Caso fosse contratado, ele chegaria para disputar posição com Keylor Navas. Mesmo sendo um dos principais destaques do clube desde 2014, ganhando três Ligas dos Campeões e uma Liga Espanhola, o costarriquenho é daqueles jogadores pouco reconhecidos.

E olha que se fizermos uma comparação entre Alisson e Navas no Mundial da Rússia, o paredão da seleção da América Central teria vantagem, já que mesmo vendo seu país ficar na lanterna do Grupo E, que tinha o próprio Brasil, Sérvia e Suíça, ele pegou quase tudo, evitando goleadas nas três partidas da primeira fase. É só lembrarmos o triunfo sofrido alcançado por Neymar e companhia na segunda rodada, quando a equipe de Tite só foi furar as redes do costarriquenho já nos acréscimos.

Outro que surge como concorrente madrilenho é o Liverpool. E nem precisamos explicar o porquê. As falhas bisonhas de Loris Karius na final da Champions League contra o próprio Real Madrid têm feito a diretoria dos Reds se mexer para encontrar um goleiro à altura. É nesta situação que Alisson entra – ao menos segundo as especulações que pintam desde a temporada passada.

Depois de realizar uma Liga dos Campeões digna de um grande camisa 1, levando a Roma até as semifinais e só perdendo justamente para o Liverpool, um de seus possíveis destinos, o arqueiro seria uma ótima aquisição para reforçar o setor defensivo de Jurgen Klopp. Mas o grande problema do clube da terra dos Beatles – e na verdade de todos que têm tentado contratar o brazuca – é de ordem financeira. Isso porque os romanos não aceitam vender o goleiro de 25 anos por menos 70 milhões de euros, o que para maioria dos interessados soa como exorbitante. Com um passo atrás nas negociações, o Liverpool é cotado em R$ 5,50 para contratar o jogador.

Com os Reds perdendo força, o Chelsea é quem surge como principal candidato ao lado do Real Madrid. Apesar da indefinição quanto a quem será o técnico da equipe nesta temporada – Antonio Conte ou Maurizio Sarri – , os Blues estão com os olhos bem abertos no brasileiro. E uma situação conturbada com o seu atual camisa 1, Thibaut Courtois, faz o time londrino ter a taxa mais baixa entre os possíveis destinos do brazuca segundo o OddsShark.com.

Quebra-cabeça

A saída de Alisson da Roma passa pelo entendimento de uma série de questões envolvendo o seu atual e futuro clube. Após ir ao mercado e gastar 101,45 milhões de euros em contratações de dez jogadores, entre eles Javier Pastore, ex-PSG, e Justin Kluivert, ex-Ajax, o time da capital italiana se vê obrigado a fazer caixa. Nem mesmo a saída de Radja Nainggolan para a Inter de Milão, pelo valor de 38 milhões de euros, foi capaz de equilibrar as finanças do clube.

Com a possibilidade de adquirir ainda mais peças, o time italiano vê a venda do goleiro brasileiro como ótima oportunidade de venda, principalmente pelas ótimas atuações do atleta em 2018. E é aí que entra o Chelsea, que vive um impasse com Courtois. Tentando renovar o contrato do belga que se encerra no próximo ano, o clube teve oferta de 200 mil euros de salários semanais negada pela estrela dos Diabos Vermelhos. Por isso, os Blues podem se ver obrigados a vendê-lo e assim não ficarem de “mãos abanando”, já que o jogador declarou recentemente que gostaria de regressar a Espanha – atuou de 2011 a 2014 pelo Atlético de Madrid. Assim, Alisson surge com odds de R$ 2,75 para vestir a camisa do time de Londres. Se isso vai acontecer, teremos que aguardar.

Confira outros odds do futebol internacional na Trivela.