Desde o início de abril, o Campeonato Belga se mostrou propenso a encerrar sua temporada antecipadamente, com a concordância da maioria dos clubes. A confirmação, porém, só aconteceu nesta sexta-feira. Com 84% dos votos, a assembleia geral da Pro League optou pelo fim da edição 2019/20 do torneio, mesmo com mais 11 rodadas a se disputar. Desta maneira, o Club Brugge terminou coroado como campeão nacional, enquanto o Waasland-Beveren foi rebaixado à segunda divisão.

A situação do Campeonato Belga facilitou o final antecipado. A temporada regular da Pro League conta com 30 rodadas, antes que as equipes se classifiquem à fase final. Líder com 15 pontos de vantagem, o Club Brugge jogaria mais uma partida e iria em ótimas condições para confirmar a taça no hexagonal decisivo. Além do título, o time também garantiu sua presença na fase de grupos da próxima Champions League. O Gent, vice-campeão, entrará nas preliminares. Já as vagas na Liga Europa vão a Charleroi, Royal Antuérpia e Standard de Liège.

Este é o 16° título do Club Brugge no Campeonato Belga, após dois anos de hiato. Líder por 24 das 29 rodadas, o time somou 21 vitórias e sofreu apenas uma derrota – invicto dentro de casa. Além disso, vinha com 58 gols marcados e a excelente marca de apenas 14 tentos sofridos. Só em duas oportunidades a zaga foi vazada mais de uma vez e terminou 17 partidas sem buscar a bola no fundo das redes. O desempenho era mesmo arrasador.

Treinado por Paul Clement, o Club Brugge contou com o protagonismo de Simon Mignolet. Contratado junto ao Liverpool, o goleiro recuperou sua melhor forma e acumulou ótimas atuações desde o início da temporada. O restante da equipe tem nomes menos badalados, com destaque ao armador Hans Vanaken e ao capitão Ruud Vormer, principais fontes dos gols a partir do meio-campo. Os atacantes Krépin Diatta, Emmanuel Dennis e David Okereke também apareceram entre as revelações do elenco. Presente na fase de grupos da Champions, o Club Brugge ainda avançou aos 16-avos de final da Liga Europa, mas acabou eliminado pelo Manchester United.

Na outra ponta da tabela do Campeonato Belga, o Waasland-Beveren terminou rebaixado a dois pontos de alcançar o penúltimo colocado – o que pode levar o clube a entrar na justiça por seus direitos. Apenas uma equipe cai por ano na Bélgica, sempre o último dos 16 participantes na temporada regular. O time promovido no lugar deve ser conhecido dentro de algumas semanas. OH Leuven e Beerschot disputavam as finais do acesso, que devem ser definidas antes do início da próxima temporada.

A Bélgica é o 15° país no mundo com mais casos de coronavírus, 54,6 mil no total. Quase 9 mil pessoas faleceram por causa da doença no país. A situação se estabiliza e a curva passou o seu pico. Apesar disso, nesta sexta foram registrados 356 novos testes positivos e 56 óbitos. A opção por encerrar o Campeonato Belga segue a postura das vizinhas Holanda e França, que igualmente preferiram coroar seus campeões por antecipação, se preparando à próxima temporada.