O AIK aparece entre os clubes mais tradicionais do Campeonato Sueco. Potência no início do século, porém, viu as conquistas se tornarem mais raras após a Segunda Guerra Mundial. Por isso mesmo, a nova taça erguida neste final de semana vale tanto ao time de Solna: foi o 12° triunfo nacional da equipe e o primeiro desde 2009. Não à toa, desencadeou uma comemoração enlouquecida entre os torcedores. Neste domingo, o AIK encarou o Kalmar fora de casa, pela rodada final da Allsvenskan. Venceu por 1 a 0, resultado suficiente para garantir o feito. Pois antes mesmo do apito final soar, a multidão visitante aguardava ansiosamente a consumação do título, se amontoando ao lado das linhas. Tudo para que uma invasão impressionante tomasse o gramado, após a confirmação da façanha.

O AIK fez uma campanha fantástica neste Campeonato Sueco. Venceu 19 dos 30 jogos, sofrendo apenas uma derrota em toda a trajetória. O tropeço, todavia, aconteceu justamente na visita ao Norrköping seu principal concorrente ao topo da tabela. A disputa se manteve até os últimos instantes, com os dois pontos de vantagem ao clube de Solna. E a vitória em cima do Kalmar terminou de sacramentar a conquista, graças ao gol de Robin Jansson. Méritos ao elenco que, entre suas figurinhas carimbadas, possui o meio-campista Sebastian Larsson e o ponta Tarik Elyounoussi.

Trazido no meio da campanha, Larsson protagonizou um dos momentos mais épicos da campanha, aliás. A quatro jogos do fim, ele arrancou o empate no clássico contra o Malmö com um gol de falta aos 51 do segundo tempo. Depois, ainda foi expulso por provocar os rivais. O resultado se tornou essencial para que os líderes mantivessem sua gordura no topo da tabela. Já a grande referência no ataque foi Henok Goitom, veterano que também usou a braçadeira de capitão ao longo da campanha. Autor de 12 gols, teve o gosto de erguer a taça.

Horas depois da partida decisiva, ainda aconteceu uma recepção especial aos jogadores do AIK na Friends Arena, casa da seleção sueca e também estádio do clube. A grandeza da agremiação se reafirma com o novo troféu faturado pelos auriazuis. A equipe entrará na primeira fase preliminar da Liga dos Campeões de 2019/20 e tentará a classificação à fase de grupos, feito que alcançou em 1999/00. Outro clube a se consagrar na Escandinávia durante o fim de semana foi o Rosenborg. Os alvinegros levaram seu 26° título no Campeonato Norueguês, o quarto seguido.

PS: A sugestão do vídeo foi feita pelo leitor Kleber Estrela. Valeu!


Os comentários estão desativados.