A seção “Fiscalize o Catar 2022” só existe graças aos nossos apoiadores, que nos permitem trazer de volta algo importante da Revista Trivela. Lá, em 2007, o olhar era para a Copa 2014. Agora, em 2019, o foco passa a ser na Copa 2022. Seja um apoiador e faça a Trivela alcançar mais metas e ter mais conteúdo! Apoia.se/Trivela

A Copa do Mundo de 2022 será uma das mais compactas da história. O território do país da Copa é reduzido, com apenas 11.571 km² e a maior distância entre os estádios é de cerca de 70 km. A Fifa organizou até quatro horários para as partidas e a ideia da entidade é ver os torcedores assistirem a mais de um jogo por dia, já que o deslocamento é mais rápido. O calendário foi divulgado nesta quarta-feira e a abertura será no dia 21 de novembro, às 13h no horário local (7h de Brasília), no Al Bayt Stadium, com capacidade de 60 mil pessoas.

Serão quatro horários de jogos na fase de grupos: às 7h, 10h, 13h e 16h (horários de Brasília, Doha tem 6 horas a mais). Na última rodada da fase de grupos, os jogos serão simultâneos dentro do grupo em dois horários, 12h e 16h. A disputa de terceiro lugar será disputada no dia 17 de dezembro, no estádio Khalifa International, onde foi jogado o Mundial de Clubes de 2019. A final será no estádio Lusail (foto), com capacidade de 80 mil pessoas.

Segundo informado pela Fifa, a fase de grupos irá durar 12 dias. Nas Copas anteriores, as fases de grupos tinham em geral três horários de jogos por dia, com algumas poucas exceções. Em 2018, por exemplo, só em um dia na fase de grupos tivemos quatro horários de jogos, no dia 16 de junho. Desta vez, a ideia é reduzir o tempo de duração da Copa do Mundo e, por isso, com mais jogos por dia na fase de grupos, veremos a fase de grupos passar mais rápido. Normalmente, a Copa tem 31 dias. Desta vez, foi reduzida a 27.

“A natureza compacta do torneio – sem precisar de viagens aéreas entre os estádios – irá permitir aos organizadores, pela primeira vez, otimizar demandas específicas de partidas para o benefício e conforto dos torcedores, times e da imprensa”, afirma o comunicado no site da Fifa. Para chegar a isso, a entidade anunciou que irá definir os horários e jogos para cada seleção só após o sorteio, não antes, como fez nas últimas edições, de forma a adequar os dias e horários pensando nos países envolvidos. Parece óbvio, até, mas isso não era feito antes.

O sorteio só será feito em março de 2022, depois da última data Fifa de Eliminatórias da Copa disputadas – inclusive as repescagens. Uma vez que se souberem quais serão os confrontos, serão discutidas as possibilidades de oferecer horários dos jogos mais benéficos para quem for assistir aos jogos e mesmo para os torcedores no Catar em relação ao deslocamento para o estádio. Este será um dos benefícios de ter uma Copa do Mundo em um país tão pequeno.

“A flexibilidade adicional é possível sem afetar qualquer aspecto técnico já que todos os estádios estão localizados dentro de um raio compacto e o clima é perfeito nesta época do ano no Catar, seja para os horários iniciais mais cedo ou mais tarde. Além disso, isso irá potencialmente dar aos torcedores a oportunidade de ir a mais de uma partida por dia durante a fase de grupos”, diz o comunicado da Fifa.

A pandemia atrapalhou as Eliminatórias da Copa, que em alguns lugares já havia começado. As Eliminatórias da Copa na América do Sul, por exemplo, estavam programadas para começar em março de 2020, mas a pandemia impediu e só começará em outubro. Em diversas Confederações, será preciso fazer ajustes para as datas. A Conmebol estuda pedir para que a Fifa libere fazer jogos em janeiro de 2020, de modo a permitir que sejam jogadas as últimas rodadas.

A venda de ingressos para a Copa 2022 começará no final deste ano, pelo site Fifa.com/tickets, com mais detalhes sobre os preços e pacotes divulgados ao mesmo tempo.

Confira o calendário completo divulgado pela Fifa para a Copa do Mundo 2022 no Catar (clique para ampliar).