A homofobia precisa ser discutida e enfrentada de maneira séria. O futebol, como um microcosmo da sociedade, amplifica e evidencia o assunto. E se muitas vezes as arquibancadas ou o campo, infelizmente, dão vazão ao preconceito, torna-se bastante pertinente a atitude dos clubes ao se inserirem no debate. O 17 de maio marca o Dia Internacional contra a Homofobia, estabelecido há exatos 30 anos. Uma data que geralmente se reflete nos estádios, com diversas ligas e equipes se envolvendo na conscientização.

Nos últimos anos, vários clubes brasileiros passaram a abraçar a causa. E o engajamento se torna cada vez maior. Obviamente, uma postagem nas redes sociais não basta, quando as atitudes precisam ser condizentes também com tal pensamento. Ainda assim, há um ambiente cada vez mais propício ao debate e à inclusão. Em um tema tantas vezes tratado como tabu no futebol, os times indicam seus valores, que geram aberturas a ações mais incisivas.

Abaixo, uma compilação de manifestações pelo Brasil, priorizando a Série A e a Série B. Caso você tenha visto alguma que não está listada, a caixa de comentários permite a contribuição.