Os dois times de Milão estão um pouco distantes da luta pelo scudetto. Porém, o vencedor do clássico entre Milan e Internazionale, nesta sexta, pela 34ª rodada da Série A, encontrará motivação suficiente para o restante da temporada. Para os rossoneri, um triunfo significaria a consolidação da equipe na vice-liderança, manteria as chances de brigar com a Juventus pelo título e serviria como um ótimo incentivo para o jogo contra o Barcelona. Os nerazzurri acalmariam a torcida e tomariam o segundo lugar do rival.

Para auxiliar a preparação do Milan para a partida de ida da semifinal da Liga dos Campeões, na próxima terça, contra o Barça, a partida foi antecipada em um dia. A Inter entrará no San Siro preocupada com o ambiente fora do campo. Os jogadores têm sofrido com as críticas da torcida por conta da eliminação da LC para o Villarreal. Cristiano Zanetti chegou a ser agredido no aeroporto nesta semana. Em sinal de protesto, parte dos torcedores nerazurri não ocupará o setor norte do estádio, no qual costuma ficar.

Milan e Inter já se enfrentaram 262 vezes. Os rossoneri levam vantagem contra o maior rival: o time venceu 102 partidas, empatou 72 e perdeu 88, com 419 gols marcados e 385 sofridos. No primeiro turno, no entanto, quem levou a melhor foi a Internazionale, que venceu por 3 a 2 (com um gol de Adriano nos acréscimos da partida).

O Milan (2º, 73 pontos) está com preocupações para montar o ataque. Shevchenko, com problemas de tendinite e Inzaghi, com febre, tornaram-se dúvidas para o clássico. Caso os dois não possam atura, Carlo Ancelotti acena com a possibilidade de escalar apenas Gilardino na frente. Stam fica de fora da equipe, e Cafu será titular na lateral-direita.

Já a Internazionale (3º, 71 pontos) terá o provável retorno de Adriano. O ‘Imperador’ ficou de fora das duas últimas partidas da equipe e fará dupla com Martins. Julio Cruz cumpre suspensão, por ter sido expulso no confronto da semana passada contra o Ascoli. Roberto Mancini tem algumas dúvidas para escalar a equipe. No lado esquerdo da defesa, o treinador escolherá entre Burdisso e Favalli. Pizarro e Cristiano Zanetti lutam por um lugar no meio-campo.

No sábado, a líder Juventus (80 pontos) visita o ameaçado Cagliari (17º, 33). A principal preocupação da equipe foi resolvida: Buffon recuperou-se de um problema no tornozelo e será o goleiro titular. Emerson e Trezeguet foram relacionados, mas são dúvida. Caso o francês não jogue, Del Piero será o titular. Blasi deve ganhar um lugar no meio-campo, ao lado de Vieira.

Na briga por uma vaga na LC, Roma (4º, 63 pontos) e Fiorentina (5º, 62) atuam fora de casa. Os giallorossi se reencontram com o Palermo (8º, 45) logo após ter eliminado o adversário na semifinal da Copa da Itália nesta semana. Já os ‘viola’ enfrentam o já rebaixado Treviso (20º, 16).

Confira os jogos da 34ª rodada da Série A:

Sexta, 14/abril
Milan x Internazionale (13:00, Bandsports)

Sábado, 15/abril
Cagliari x Juventus (10:00, ESPN Internacional)
Chievo x Messina
Empoli x Siena
Lazio x Livorno (17:00, ESPN Brasil, VT)
Lecce x Udinese
Palermo x Roma (9:00, RAI)
Reggina x Ascoli
Sampdoria x Parma
Treviso x Fiorentina

*foto: Inter.it