Buffon: “Acompanho Alisson há alguns anos e ele é um dos três melhores goleiros do mundo”


	Champions League

OFERECIMENTO: Spin Sports

No duelo mais esperado da quinta rodada da Champions League, uma meta será defendida por Alisson, jovem goleiro de 26 anos, e a outra por Gianluigi Buffon, veterano de 40 anos. Antes da partida entre Paris Saint-Germain e Liverpool, em entrevista ao jornal inglês Daily Mirror, o italiano elogiou bastante o brasileiro e comentou também a evolução das exigências para a posição que dominou por tanto tempo.

LEIA MAIS: Buffon: “Verrati é o único talento de verdade do futebol italiano”

“Alisson é tudo que um goleiro moderno precisa ser. O Liverpool concedeu poucos gols nesta temporada. Ele pode ser um nome novo na Inglaterra, mas, para mim, não é uma surpresa”, disse. “Eu o tenho acompanhado há alguns anos e sou um grande admirador. Ele fica confortável com a bola, é excelente parando chutes e ele passa confiança para a defesa. Ele é um dos três melhores goleiros do mundo no momento e tem tudo para ser um dos grandes da posição”.

Buffon ressaltou como os goleiros hoje em dia precisam ser bons também com a bola nos pés. “Quando eu comecei a jogar, a questão com o goleiro era: o quão bom ele é com as mãos? Agora, a questão é: quão bom ele é com os pés? Não há dúvidas de que a posição de goleiro evoluiu durante a minha carreira, mas, para mim, um goleiro precisa se concentrar nos fundamentos. Ao mesmo tempo, você tem que aceitar que a posição mudou e que esperam mais coisas do goleiro moderno”, disse.

No Paris Saint-Germain desde o começo da temporada, Buffon vem se revezando como titular com Alphonse Areola. Disputou sete das 14 rodadas do Campeonato Francês e a última partida da Champions League, contra o Napoli. Ficou fora das três primeiras porque estava suspenso, cumprindo pena da expulsão do jogo da temporada passada contra o Real Madrid.