Bruno Fernandes atravessa uma fase iluminada desde que chegou ao Sporting. O camisa 8 iniciou sua carreira em alto nível na Itália, até ser levado ao José Alvalade em 2017. O bom primeiro ano com o clube garantiu sua inclusão no elenco da seleção portuguesa rumo à Copa de 2018. E a evolução do armador de 24 anos é acentuada. Nesta temporada, ele também se transformou em artilheiro. Já são 19 gols na atual campanha do Campeonato Português – mais do que Bas Dost, por exemplo. Isso sem contar as 13 assistências. E a tarde mais letal de Bruno aconteceu neste domingo, no Estádio Nacional. Os leoninos sapecaram uma goleada por 8 a 1 sobre o Belenenses. O craque guardou três e ainda deu uma assistência.

O massacre do Sporting foi condicionado pelo primeiro tempo, mesmo que a maioria dos gols tenha acontecido no segundo. E o goleiro Muriel, ex-Internacional, tem grande parcela de culpa. Primeiro ao entregar o ouro a Raphinha no primeiro tento. Depois, por cometer uma falta sobre o ponta na entrada da área e ser expulso, aos 21 minutos. Além da desvantagem numérica, o reserva Guilherme Oliveira não apresentou grandes qualidades. E a defesa arreganhada do Belenenses foi o salão de festas sportinguista.

O segundo gol saiu apenas nos acréscimos, com Luiz Phellype. A fúria só desatou depois que Licá descontou aos anfitriões. Então, foram seis tentos em somente 25 minutos, aproveitando uma coleção de falhas defensivas. Nemanja Gudelj, Bas Dost e Idrissa Doumbia deixaram suas marcas. Mas ninguém com a fome de Bruno Fernandes, autor de três gols. O primeiro foi de pênalti. Depois, aproveitou a meta aberta para ampliar. E o mais bonito foi o terceiro, batendo de primeira, rente à trave.

Ao longo dos últimos dias, Bruno Fernandes vem sendo especulado no mercado de transferências. O Manchester City aparece como possível destino ao meia. E o futebol apresentado nesta temporada referenda o português, para se juntar ao compatriota Bernardo Silva no Estádio Etihad. Que não vá para ser titular absoluto, é mais uma adição (necessária) dentro da rotação de Pep Guardiola. Até pela queda de David Silva, pode ser alguém para auxiliar de maneira mais aguda na função ou mesmo participar em outras posições, dada a sua polivalência na faixa central. A exibição no Estádio Nacional é afirmativa.

O Sporting também atravessa um bom momento, com dez vitórias consecutivas. As oscilações da campanha, porém, deixam os leoninos distantes da briga pelo título com Benfica e Porto. Resta apreciar o futebol de seu craque. Embora Haris Seferovic seja o artilheiro do Português com 21 gols, Bruno Fernandes é o jogador mais produtivo ofensivamente do campeonato, com 32 tentos gerados entre as vezes em que balançou as redes e as assistências. Considerando as cinco grandes ligas europeias, apenas Lionel Messi, Kylian Mbappé e Fabio Quagliarella possuem números superiores. Ressalvas feitas ao nível da competição, não se nega a expressividade da marca.