O diretor de esportes do Bayern Munique, Christian Nerlinger, revelou que o zagueiro Breno está fazendo progressos após ser preso por dezesseis dias. O brasileiro foi detido como principal suspeito por ter colocado fogo em sua própria casa no dia 24 de setembro. Ele foi solto em dez de outubro, após pagamento de fiança.

“Ele agora passa por uma reabilitação e está indo muito bem. O Breno segue o seu próprio ritmo de recuperação”, disse o dirigente. Desde que foi solto pela polícia, o defensor passa por  acompanhamento psicológico. Ele teria começado a sofrer de depressão por conta do período passado na cadeia.

O jogador também foi reintegrado ao elenco. Notícias veiculadas nesta quarta-feira sugeriam que o Bayern estava interessado em oferecer a extensão do contrato de Breno. O vínculo do jogador com o clube se encerra em junho do ano que vem.

Breno realizou 33 partidas oficiais com a camisa dos bávaros, mas ainda não havia estreado na atual temporada. O atleta, contratado junto ao São Paulo em janeiro de 2008, por 12 milhões de euros, passou também seis meses emprestado ao Nuremberg durante a temporada passada.