O Shakhtar Donetsk faz uma campanha respeitável na Liga dos Campeões e, não à toa, conquistou com uma rodada de antecedência a classificação para as oitavas de final. Porém, a goleada por 5 a 2 sobre o Nordsjaelland em Copenhague foi ofuscada por uma polêmica. Quando os dinamarqueses estavam à frente no placar, Luiz Adriano anotou um gol durante uma  devolução de bola para os adversários (veja o vídeo). Sem se importar com as reclamações por falta de Fair Play, o centroavante fez três tentos, enquanto Willian anotou os outros dois.

O Nordsjaelland tomou a iniciativa durante os primeiros minutos e se impôs no ataque, mas era ameaçado pelos contra-ataques do Shakhtar. Ainda assim, os dinamarqueses conseguiram abrir o placar em sua primeira finalização correta, aos 24 minutos. Joshua John fez grande jogada pela esquerda e cruzou para Morten Nordstrand bater de primeira.

Já a polêmica da rodada aconteceu aos 26 minutos. Em bola ao alto marcada pela arbitragem, Willian devolveu a posse ao Nordsjaelland, chutando a bola para o campo de defesa dos dinamarqueses. Na volta do jogo, os jogadores do Nordsjaelland esperavam que o Shakhtar permitisse um gol, em correção ao erro, o que não aconteceu (veja o vídeo). Com os adversários parados, Luiz Adriano ignorou o Fair Play para driblar o goleiro Jesper Hansen e empatar, causando grande confusão.

O troco dos Tigres Selvagens viria apenas quatro minutos depois, quando Kasper Lorentzen soltou a bomba de dentro da área e fez o segundo gol. No fim do primeiro tempo, os ucranianos voltariam a deixar tudo igual, com Willian aproveitando sobra de bola.

Já a virada dos Kroty se consumou na volta do intervalo. Willian voltou a marcar aos cinco minutos. O meia dominou na entrada da área, limpou a marcação e acertou pelo arremate no canto. Pouco depois, foi a vez de Luiz Adriano repetir a dose, agora sem polêmica. Willian abriu com Alex Teixeira, que cruzou para o centroavante chutar com força.

Depois dos gols, os anfitriões tentaram recuperar o prejuízo, se arriscando mais no ataque, mas permitiram a goleada do Shakhtar. Luiz Adriano completou seu hat-trick aos 36 minutos, escorando toque de Douglas Costa. Por fim, a vitória deixa os ucranianos com 10 pontos, isolados na liderança do Grupo E. O time joga por um empate contra a Juventus na rodada final para garantir a primeira posição.

Ficha técnica

NORDSJAELLAND 2X5 SHAKHTAR DONETSK

Nordsjaelland
Jesper Hansen, Michael Parkhurst, Jores Okore, Ivan Runje e Patrick Mtiliga; Enoch Adu e Nicolai Stokholm; Kasper Lorentzen, Soren Christensen (Anders Christiansen, 14’/2T) e Joshua John (Oguzhan Aynaoglu, 37’/2T); Morten Nordstrand (Mario Ticinovic, 30’/2T). Técnico: Kasper Hjulmand
Shakhtar Donetsk
Andriy Pyatov, Razvan Srna, Olexander Kucher, Yaroslav Rakitskiy e Darijo Srna; Fernandinho e Taras Stepanenko; Alex Teixeira (Douglas Costa, 33’/2T), Henrikh Mkhitaryan e Willian (Ilsinho, 41’/2T); Luiz Adriano (Eduardo da Silva, 37’/2T). Técnico: Mircea Lucescu.
Local: Estádio Parken, em Copenhague-DIN
Árbitro: Anthony Gautier (FRA)
Gols: Morten Nordstrand, 24’/1T; Luiz Adriano, 26’/1T, 8’/2T e 36’/2T; Kasper Lorentzen, 30’/1T; Willian, 44’/1T e 5’/2T
Cartões amarelos: Enoch Adu, Anders Christiansen e Michael Parkhurst (Nordsjaelland); Luiz Adriano e Olexandr Kucher (Shakhtar)
Cartões vermelhos: Nenhum