Brasil

Sobre futebol, bundas, machismo e pequenas vitórias

Por Roberta Cardoso

Não foi a primeira e nem será a última vez que nós, mulheres, seremos classificadas pelo futebol como meras coadjuvantes, uma meia dúzia de gente que não faz nenhuma diferença aos olhos do “público alvo”, que consome o esporte mais popular do mundo. Mais popular, mais preconceituoso e mais machista, em toda sua gama: torcedores, jogadores, diretores , é claro, formadores de opinião que só noticiam esportes praticados por homens e só falam para o seu público masculino.

VEJA TAMBÉM:
– Algumas torcedoras do Atlético não gostaram. Texto do CAMikazeNota de repúdio: machismo em evento do Galo
–  A Dry World, empresa que faz as camisas, já foi acusada de machismo antes. No Medium: Futebol é coisa de menina

Nós, do @dibradoras nos posicionamos sobre o evento de apresentação do novo uniforme promovido pelo Clube Atlético Mineiro, onde eles fizeram questão de mostrar que há espaço para suas torcedoras, promovendo um desfile das novas camisetas com as modelos usando o lindo uniforme e…. calcinha!

Para saber mais, cliquem aqui ou leiam o texto na íntegra abaixo:

‘Enfim, entenderam o público-alvo do futebol’: Não, vocês não entenderam nada

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo