BrasilCopa do Brasil

A expectativa para Cruzeiro x Atlético deve ser como esses dois comentários que recebemos

Todos os sites deveriam, antes de abrir o espaço de comentários, mostrar o aviso “Você tem realmente certeza que quer fazer isso?”. Convenhamos, há muita coisa interessante nesses debates de sites e blogs, ajudam a criar comunidades, ajudam a comunicação entre o veículo e seu leitor. Mas também é espaço para todo tipo de barbaridade, sobretudo quando algum maluco percebe uma oportunidade de divulgar alguma teoria maluca com a proteção do anonimato.

LEIA TAMBÉM: A Copa do Brasil deixou de ser mero trampolim para receber a grandeza que sempre precisou ter

A Trivela normalmente não tem problema com isso (obrigado, leitores, o mérito é de vocês). Mas, nesta madrugada de quarta para quinta, ficamos particularmente orgulhosos de dois comentários no texto sobre o Atlético x Cruzeiro da final da Copa do Brasil (veja na imagem acima). Sim, comentários que fazem a gente voltar a ter fé na humanidade.

Lucas Natan, torcedor cruzeirense, fez um belo comentário falando do jogo, mostrando a felicidade pelo desempenho de sua equipe e o respeito que tinha pelo rival. Minutos depois, o atleticano André Macedo Ribeiro parafraseou o comentário, adaptando para o lado alvinegro da decisão. É assim que se debate com alto nível, e é assim que os mineiros precisam tratar essa final. Mais que um grande momento para Cruzeiro ou para Atlético, é um grande momento para a história desse clássico e, mais que isso, um grande momento para ser um torcedor mineiro.

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo