Brasileirão Série A

Contra o desespero nas últimas rodadas, Santos sabe que vitória contra o Fluminense é inegociável

Santos precisa vencer o Fluminense na noite desta quarta-feira para evitar o desespero nas duas últimas rodadas

Invicto há sete partidas, com três vitórias e quatro empates, o Santos recebe o Fluminense, às 19 horas (horário de Brasília) desta quarta-feira (29), na Vila Belmiro, que é um verdadeiro pesadelo para o técnico Fernando Diniz. O confronto é válido pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro e o Peixe precisa vencer para evitar um desespero nas duas últimas partidas da competição. Com 43 pontos conquistados após o heroico empate obtido contra o Botafogo, os comandados de Marcelo Fernandes ocupam a 15ª colocação na tabela com apenas dois de vantagem para o Bahia, que é o 17º e abre a zona de rebaixamento.

Para evitar a inédita queda à Série B, o Santos, segundo o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), precisa de mais uma vitória e um empate ao longo dos três jogos que faltam. Como o confronto desta noite é em casa, o Santos precisa aproveitar o apoio do seu torcedor, que mais uma vez esgotou todos os ingressos colocados à venda, para conquistar a vitória e ficar a um ponto de confirmar a sua permanência na elite do futebol nacional.

Santos
29/11/23 - 19:00

Finalizado

0

-

3

Fluminense

Santos - Fluminense

Brazil Serie A - Urbano Caldeira

Qual Fluminense visitará a Vila Belmiro?

Atual campeão da Copa Libertadores e já livre de qualquer risco de rebaixamento, o Fluminense tem usado esse final de Brasileirão para fazer ajustes na equipe titular e o técnico Fernando Diniz definir quem serão os seus 23 atletas inscritos na competição mais importante da história do Tricolor carioca.

Pensando nisso, o treinador, que tem ocupado interinamente o cargo de técnico da Seleção Brasileira, viajou para a Baixada Santista com força máxima. Diniz só não relacionou o lateral-direito Samuel Xavier e o lateral-esquerdo Marcelo, que se recuperam de lesões.

Santos sabe que terá dificuldades

É possível que o Fluminense encare o Santos com um time misto. Isso, no entanto, não faz do confronto mais fácil. E o goleiro João Paulo sabe disso.

– Eles têm um grande elenco e são muito bem treinados por um grande técnico. Vai ser um jogo complicado demais. Temos que nos preparar mentalmente para a dificuldade do jogo, independentemente de como eles vierem à Vila. Estamos buscando jogo a jogo os nossos resultados, sempre acreditando até o final. E temos conquistado pontos importantes na nossa caminhada – disse o goleiro.

Ainda que Diniz decida colocar em campo um time alternativo, a defesa do Santos não terá vida fácil. O artilheiro Germán Cano, que quer quebrar recordes na temporada, pediu para atuar na Vila Belmiro.

Santos tem desfalques importantes contra o Flu

Punidos com o terceiro amarelo diante do Botafogo, Nonato e Lucas Lima, que têm se revezado na missão de ser o responsável pela construção de jogadas no meio-campo, estão suspensos.

Por características, a tendência é de que essa responsabilidade fique sob a cargo de Jean Lucas ou Soteldo.

Oportunidade para Marcos Leonardo quebrar jejum

O duelo desta noite também é importante para o centroavante Marcos Leonardo. O camisa 9 do Peixe não marca há cinco jogos e vive, neste momento, o segundo maior jejum de gols desta temporada. O maior foi vivido no Campeonato Paulista, quando o Menino da Vila passou oito jogos em branco.

Com 13 gols feitos no Brasileirão, Marcos Leonardo é quinto no ranking de artilheiros da competição. O santista está atrás de Paulinho, do Atlético-MG, com 17, Tiquinho Soares, do Botafogo, com 16, Luis Suárez, do Grêmio, e Hulk, também do Atlético-MG, ambos com 14.

Arbitragem de Santos e Fluminense

A partida entre Santos e Fluminense terá uma equipe de arbitragem gaúcha e árbitro de vídeo pernambucano.

  • Árbitro: Anderson Daronco (RS)
  • Assistente 1: Rafael da Silva Alves (RS)
  • Assistente 2: Michael Stanislau (RS)
  • VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)
Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna
Botão Voltar ao topo