O primeiro final de semana sem as grandes ligas europeias será repleto de jogos válidos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. A Itália é a grande seleção do continente a entrar em campo no torneio, enquanto Portugal e Rússia prometem jogo quente em Lisboa. O principal confronto da rodada, contudo, acontece na América do Sul, entre Argentina e Colômbia. O domingo ainda contará com o Brasil em campo, no amistoso cheio de ressentimentos contra a França. E, para quem sentir falta dos clubes, ainda há boas pedidas na Argentina e na segunda divisão espanhola.

Confira a programação de TV

O jogão

Brasil x França
Domingo, 16h

Embora não exista proximidade geográfica, Brasil e França fazem um clássico do futebol mundial pelo peso histórico do confronto. São 13 partidas entre as duas seleções, quatro delas por Copas do Mundo. E os Bleus são grandes carrascos dos brasileiros, com direito a requintes de crueldade graças à atuação magistral de Zidane na final do Mundial de 1998, bem como com as vitórias nas quartas de final em 1986 e 2006. A última vitória da seleção canarinho aconteceu há 21 anos, com Romário e Taffarel estrelando o time treinado por Carlos Alberto Parreira.

Para o próximo domingo, Luiz Felipe Scolari promete repetir na Arena do Grêmio a escalação que empatou contra a Inglaterra no Maracanã. Como de praxe, as expectativas recaem sobre Neymar, que fez ótimo primeiro tempo ante os ingleses, ainda que tenha passado em branco. E a Seleção terá que aturar a pressão de quase quatro anos sem vencer equipes principais de países que já foram campeões mundiais. Do outro lado, Didier Deschamps também empreende um trabalho de renovação na França e, sem o craque Franck Ribéry, promete algumas novidades em campo. Na última quarta, os Bleus perderam por 1 a 0 para Uruguai no Centenário, mas tiveram boa atuação defensiva e demonstraram velocidade no ataque.

Você também não pode perder

Argentina x Colômbia
Sexta-feira, 19h

Líder isolada das Eliminatórias Sul-Americanas, com quatro pontos de vantagem, a Argentina tem seu conforto ameaçado pela Colômbia. Sob o comando de José Pekerman, conhecedor profundo da Albiceleste, os Cafeteros vêm de cinco vitórias nos últimos sete jogos da competição e ocupam a terceira colocação no torneio, já encaminhando o retorno à Copa do Mundo após intervalo de 16 anos. Apesar de Falcao García e James Rodríguez serem os destaques, os colombianos contam com a melhor defesa da qualificação. Pela frente, terão que aguentar a pressão do Monumental de Núñez lotado e o melhor ataque da competição. Messi é dúvida para o jogo, mas deve compor o ataque ao lado de Higuaín e Agüero. No primeiro turno, sob o brilho do camisa 10, vitória dos argentinos por 2 a 1 em Barranquilla.

República Tcheca x Itália
Sexta-feira, 15h45

A única das grandes seleções europeias a entrar em campo pelas Eliminatórias neste final de semana, a Itália joga por uma vida ainda mais tranquila no Grupo B. A Azzurra lidera com três pontos de vantagem, com quatro vitórias em cinco partidas. Porém, o time de Cesare Prandelli terá uma de suas paradas mais difíceis no torneio, visitando a República Tcheca em Praga. Já escalados, os italianos apostam no entrosamento dos jogadores da Juventus, com Buffon, Chiellini, Barzagli, Bonucci, Pirlo e Marchisio entre os titulares. Já na linha de frente, o talento é fornecido pelo Milan, com Balotelli e El Shaarawy municiados por Montolivo. Será o penúltimo compromisso da equipe antes da estreia na Copa das Confederações.

Villarreal x Almería
Sábado, 14h

O Campeonato Espanhol já chegou ao fim, mas a segunda divisão de La Liga ainda tem mais algumas partidas por acontecer. Neste sábado, será definido o time que seguirá o Elche e assegurará o segundo acesso. E a tabela guarda uma verdadeira decisão para a rodada final: igualados com 74 pontos, Villarreal e Almería se enfrentam em El Madrigal. Capaz de uma arrancada na reta final da campanha, o Submarino Amarelo tem a vantagem do empate, por conta do saldo de gols favorável. Todavia, terá que parar o atacante brasileiro Charles, artilheiro da competição com 23 gols.

Independiente x River Plate
Domingo, 14h15

Assim como o Campeonato Brasileiro, o Torneio Final não respeita o intervalo das datas Fifa. E a antepenúltima rodada do certame contará com partida tensa em Avellaneda. De volta à elite nesta temporada, o River Plate poderá rebaixar o Independiente, que só se salvará da queda com um milagre, lutando contra San Juan, Argentinos Juniors e Quilmes. Heptacampeão da Libertadores, o Rojo nunca foi rebaixado e é o clube que ostenta a maior série de participações na elite argentina, somando 99 anos. Uma série prestes a acabar.

O reencontro

Portugal x Rússia
Sexta-feira, 16h45

Portugal vive situação delicada nas Eliminatórias. Terceira colocada no Grupo F, a Seleção das Quinas está um ponto atrás da Rússia, mas com dois jogos a mais. Para tentar reduzir essa diferença, a equipe de Paulo Bento recebe os rivais no Estádio da Luz. E uma vitória será fundamental se os lusos quiserem evitar a repescagem, já que perderam o primeiro encontro para os líderes por 1 a 0. Autor de apenas um gol no qualificatório, Cristiano Ronaldo está confirmado para o confronto. Já o time de Fabio Capello confia em sua força coletiva, com 100% de aproveitamento na competição e uma defesa que ainda não foi vazada.

Vale uma zapeada

Alemanha sub-21 x Espanha sub-21
Domingo, 15h30

O Campeonato Europeu Sub-21 pode ser considerado o torneio de base de nível mais alto na atualidade. As seleções levam a sério a competição, que nos últimos anos revelou craques do calibre de Juan Mata, Mesut Özil, Petr Cech e Andrea Pirlo. No domingo, Alemanha e Espanha farão jogo entre os dois últimos campeões continentais. Os germânicos optaram por deixar de lado os nomes da geração que fazem parte da seleção principal, estrelados por Lewis Holtby, camisa 10 e capitão. Já os ibéricos confiam em muitos jogadores que só não estão no time de Vicente Del Bosque pela forte concorrência, como Isco e Thiago Alcântara.

O cara

Roberto Soldado
Espanha x Haiti
Sábado, 17h

A seleção do Haiti, 63º no Ranking da Fifa, não serve muito de parâmetro para a Espanha. Entretanto, o amistoso contra a equipe da Concacaf deve ajudar alguns jogadores a ganharem moral com Vicente Del Bosque. O treinador já deixou claro que jogará com um atacante central na Copa das Confederações, embora tenha afirmado que “não tem o camisa 9 que gostaria”. Concorrendo com David Villa, Roberto Soldado registrou seu recorde de gols na última temporada e espera fazer Del Bosque mudar de ideia.

O brasileiro

Oscar
Brasil x França
Domingo, 16h

Nenhum outro jogador do futebol europeu entrou tantas vezes em campo quanto Oscar nesta temporada. Somando as partidas por Chelsea, seleção brasileira e seleção olímpica, o meia soma 74 jogos, 53 como titular. E, apesar do desgaste, o jovem tem aguentado o tranco e mantido o alto nível nas atuações. Depois de boa partida contra a Inglaterra, o jogador deve ser peça fundamental na equipe de Luiz Felipe Scolari contra a França, dando mobilidade ao time pelos lados do campo e garantindo técnica na cadência da bola.

Passe longe

Islândia x Eslovênia
Sexta-feira, 16h

A Eslovênia possui pouco mais de dois milhões de habitantes, mas impressiona pela competência no esporte. Além de ter disputado duas Copas, a antiga república iugoslava possui equipes fortes no basquete, no hóquei no gelo e no handebol. O que, todavia, não é uma garantia de futebol vistoso aos eslovenos. Ao menos para 2014, o Mundial parece livre da falta de brilho da seleção balcânica, lanterna do Grupo E. Nesta sexta, o time visita a Islândia, que briga pela ponta da chave. Os escandinavos, apesar de destaques como Sigurdsson e Gunnarsson, empolgam mais pelo ineditismo em Copas do que pelo futebol. Nada que mereça seu tempo.