A estreia da seleção brasileira feminina nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 foi com tranquilidade. Mesmo sem jogar tudo que pode, o time conseguiu vencer por 3 a 0, com uma boa atuação coletiva do time. As principais estrelas do time conseguiram levar perigo ao gol adversário, com Marta perto de marcar, além de Andressa Alves e Cristiane balançando as redes.

LEIA TAMBÉM: Guia do futebol nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Estrear em uma Olimpíada é sempre complicado pelo nervosismo e o fator casa, embora seja positivo, também exerce certo nervosismo. Talvez por isso o início do Brasil não tenha sido muito criativo, com poucas jogadas mais trabalhadas. Com o passar dos minutos, o time brasileiro pareceu se acalmar e tomar as rédeas do jogo. Se faltou um pouco de movimentação, o time conseguiu fazer boas jogadas pelos lados do campo para levar perigo.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, o Brasil conseguiu vencer a defesa chinesa graças a uma falha da goleira Zhao Lina. Com 1,88 metro, ela saiu mal do gol emuma bola alçada na área pelo lado esquerdo, não conseguiu afastar e Mônica tocou de cabeça no canto. Apesar de muitas jogadas entre ela e o gol e a cabeçada não ter sido pelo alto, a bola entrou. Seleção brasileira 1 a 0 no estádio Nilton Santos.

Com a vantagem no placar, o Brasil voltou mais devagar para o segundo tempo. As chinesas tiveram mais posse de bola nos primeiros minutos, mas aos 13 minutos o Brasil teve qualidade individual para marcar 2 a 0. Lançamento longo no meio-campo para Marta na direita. A camisa 10 chegou à linha de fundo e cruzou forte para Andressa Alves completar para o gol. Brasil 2 a 0.

Com isso, o jogo ficou totalmente controlado pelo Brasil. Depois do segundo gol, a Seleção teve chance de fazer mais. Em uma das jogadas mais bonitas da partida, Marta carregou a bola pelo meio, passando pelas adversárias, e chutou no canto, de pé esquerdo. A goleia Zhao Lina foi buscar e mandou para escanteio.

Cristiane, que fez boa partida, também tentava o seu gol. Ficou impedida ao menos em duas jogadas que seriam chances claras, com a defesa chinesa se arriscando em adiantar-se para manter a camisa 11 em posição irregular.

Maior artilheira das Olimpíadas, Cristiane parece determinada a marcar o seu gol. Tentou jogadas individuais, mas a marcação chinesa dificultou na hora de finalizar. Ela não conseguiu ter um chute limpo para o gol. Até que aos 45 minutos, em uma cobrança de falta para a área de Andressa, Cristiane chegou antes da goleia e tocou para o gol. Brasil 3 a 0. São 13 gols em Jogos Olímpicos, uma marca importantíssima para a atacante, que falou sobre a obrigação do ouro antes da competição.

O Brasil mostrou que tem talento, tem bola e tem preparação para fazer uma boa Olimpíada. Já vinha mostrando isso nos jogos que fez nesse último ano e meio de trabalho. O time tem talento e mostrou isso contra a China. O rendimento ainda pode melhorar e é assim que se espera que aconteça durante a competição. O nervosismo da estreia passou, o time pode variar mais as jogadas para encontrar seu melhor futebol.

No próximo sábado a seleção brasileira enfrentará a Suécia no sábado, às 22h (horário de Brasília). As suecas são as adversárias mais fortes do grupo e devem disputar a primeira colocação com a Seleção, por isso o jogo é fundamental.

TRIVELA FC: Conheça o nosso clube, ganhe vantagens e faça a Trivela mais forte