O Brasil venceu o Egito por 3 a 2 em Cardiff, em um jogo que deu pinta de goleada brasileira no primeiro tempo, mas no segundo permitiu a reação egípcia e quase se complicou. Ainda assim, a seleção brasileira começa ganhando os três pontos no Grupo B.

No primeiro tempo, o futebol que o Brasil foi mostrou foi bastante superior ao do Egito. Com Oscar muito bem no jogo, o Brasil chegou a abrir 3 a 0, depois que Neymar ainda marcou o seu. A vitória parecia fácil e tudo indicava que o jogo seria tranquilo. Só que não foi o que aconteceu.

Com o placar elástico, o Brasil voltou desconcentrado para a segunda etapa e o Egito aproveitou para descontar, logo no início. Ainda assim, o jogo estava nas mãos dos brasileiros, que gastavam o tempo em um ritmo lento. Ao sofrer o segundo gol, o Brasil passou a correr um risco de empate até o final, mas o placar acabou não sendo mais alterado.

Destaque do jogo

Movimentação ofensiva. O Brasil mostrou muita força no ataque, com Oscar e Neymar aparecendo muito bem e Hulk e Damião ajudando os dois protagonistas. Não por acaso, a seleção brasileira abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, o que acabou sendo determinante no jogo.

Momento chave

O terceiro gol do Brasil, com Neymar, depois de uma troca de passes, deu ao Brasil uma vantagem de 3 a 0, suficiente para o time achar que o jogo estava ganho e tirar o pé do acelerador. Com isso, o Egito voltou ao jogo no segundo tempo ao marcar dois gols e dar um susto no Brasil.

Os gols

16’/1T: Oscar fez o passe em profundidade dentro da área, o lateral Rafael recebeu, puxou para o meio e de pé esquerdo chutou para marcar 1 a 0.

25’/1T: Depois de um chutão, o zagueiro vacilou, Oscar pegou a bola, passou pelo goleiro, ficou sem ângulo e tocou para trás. Leandro Damião aproveitou e marcou 2 a 0.

29’/1T: Em uma boa troca de passes do Brasil, Neymar abriu para Hulk, que cruzou pelo alto para Neymar marcar de cabeça.

6’/2T: Depois de um bate rebate na área, Fathi chutou na trave e a bola sobrou para Aboutrika. O capitão bateu e marcou para o Egito.

31’/2T: Depois de falha de Juan, Salah recebeu e tocou com categoria com pé esquerdo e diminuiu o placar para 3 a 2.

Ficha Técnica

Brasil 3×2 Egito

Local: Estádio Millenium, em Cardiff (GAL)
Data: 26/jul, quinta
Árbitro: Gianluca Rocchi (ITA)
Gols: Rafael aos 16’/1T, Leandro Damião aos 26’/1T, Neymar aos 30’/1T (Brasil), Mohamed Aboutrika aos 7’/2T (Egito)
Cartões Amarelos: Hulk (Brasil), Alaa Eldin, Ramadan, Saleh Gomaa (Egito)

Brasil
Neto; Rafael, Thiago Silva, Juan e Marcelo; Sandro (Danilo aos 33’/2T) e Rômulo; Hulk (Paulo Henrique Ganso aos 27’/2T), Oscar e Neymar; Leandro Damião (Alexandre Pato aos 32’/2T). Técnico: Mano Menezes

Egito
Ahmed Elshenawi; Mahmoud Alaa Eldin, Ali Fathi, Islam Ramadan e Ahmed Hegazy; Hossam Hassan, Mohamed El –Neny (Mahmed Magdy aos 44’/2T) e Seleh Gomaa (Shehab Ahmed aos 28’/2T); Mohamed Aboutrika, Emad Mateab e Marwan Mohsen (Mohamed Salah no intervalo). Técnico: Ramzy