A seleção brasileira feminina conquistou uma vitória para dar confiança ao trabalho de Pia Sundhage nestes primeiros meses. A equipe não fez uma grande apresentação no amistoso, mas conseguiu derrotar a Inglaterra por 2 a 1. Foi o primeiro resultado de peso desde a chegada da nova treinadora, superando as semifinalistas da última Copa do Mundo. A partida contou com mais de 30 mil presentes no Estádio Riverside, em Middlesbrough.

O Brasil viveu os seus piores momentos durante o primeiro tempo. A equipe apresentava velhos problemas, com um meio-campo esburacado, que se expunha às investidas da Inglaterra. Apesar das muitas chances de gol das anfitriãs e de um tento anulado, o placar não saiu do zero. A reação da Seleção só aconteceu no segundo tempo, após Pia voltar do intervalo com três alterações. O primeiro gol veio aos quatro minutos, em cruzamento de Tamires que Debinha completou de cabeça, contando também com a falha da goleira Mary Earps.

Com uma formação mais segura no meio, o Brasil lidava melhor com o jogo e chegou ao segundo gol aos 22 minutos, outra vez com Debinha, em chute prensado que encobriu a goleira Earps. A Inglaterra tentou tirar o prejuízo no final e pressionou, mas só conseguiu descontar. O gol das anfitriãs saiu aos 35, com Bethany England, que completou de cabeça o cruzamento de Steph Houghton e tirou a bola do alcance da goleira Bárbara.

Esta foi a terceira partida da Seleção desde a eliminação na Copa do Mundo. Pia Sundhage estreou com goleada por 5 a 0 sobre a Argentina e depois empatou sem gols contra o Chile, perdendo nos pênaltis o Torneio Internacional organizado no Pacaembu. O próximo compromisso da equipe acontece na terça-feira, quando a equipe a Polônia em Kielce.