O Brasil atingiu a sua pior colocação na história do ranking da Fifa. Sem somar pontos em julho, já que o time principal não jogou e quem atuou foi o time olímpico, a Seleção Brasileira foi ultrapassada por Rússia e Grécia e caiu para 13º lugar. O time pode voltar a pontuar com o amistoso contra a Suécia no próximo dia 15.

A Inglaterra chegou à sua melhor colocação no ranking da Fifa desde a sua criação. Os ingleses são agora os terceiros colocados, atrás da Espanha e da Alemanha. O ranking de agosto aparece com um novo membro: o Sudão do Sul, que fez a sua estreia no futebol internacional em julho.

Campeã europeia, a Espanha lidera com folga o ranking. São 1605 pontos, contra 1474 da Alemanha. A Inglaterra subiu uma posição, chegando a 1294 pontos e ultrapassando o Uruguai, que ficou com 1236. Completam os dez primeiros Portugal, Itália, Argentina, Holanda, Croácia e Dinamarca.

O Sudão do Sul estreou no ranking ao fazer o seu primeiro jogo internacional. O time jogou com Uganda na sua capital, Juba, e empatou por 2 a 2. É a 209º seleção filiada à Fifa e o time estreou na 199º colocação com o empate.

Confira o ranking:

1º Espanha – 1605 pontos
2º Alemanha – 1474 pontos
3º Inglaterra – 1294 pontos
4º Uruguai – 1236 pontos
5º Portugal – 1213 pontos
6º Itália – 1192 pontos
7º Argentina – 1098 pontos
8º Holanda – 1053 pontos
9º Croácia – 1050 pontos
10º Dinamarca – 1017 pontos
11º Rússia – 1016 pontos
12º Grécia – 1003 pontos
13º Brasil – 991 pontos
14º França – 980 pontos
15º Chile – 953 pontos