O Atlético de Madrid segue em uma trajetória errática neste início de temporada no Campeonato Espanhol. Neste sábado, o Atlético recebeu o Eibar no estádio Wanda Metropolitano esperando se recuperar, mas o que aconteceu foi mais um tropeço. Os Colchoneros empataram por 1 a 1 com o Eibar, com um gol sofrido nos últimos minutos e arrancando um empate nos acréscimos, em um gol do jovem Borja Garcés, de 19 anos, das categorias de base da equipe. A sensação no final foi de alívio por escapar da derrota, mas o resultado acaba sendo ruim para a equipe dirigida por Diego Simeone.

LEIA TAMBÉM: Quem são os maiores artilheiros de cada liga nacional na América do Sul? O Sudaca Brasil apresenta

Depois de estrear com um empate contra o Valencia por 1 a 1, o Atlético conseguiu uma vitória por 1 a 0 na segunda rodada, contra o Rayo Vallecano, mas perdeu do Celta na rodada seguinte por 2 a 0. Com novo empate, o clube de Madri chega a cinco pontos na tabela, o que é pouco para quatro rodadas disputadas. Embora tenha pressionado, o Atlético fez um jogo aberto com o Eibar, que acertou duas bolas na trave. O Atleti acertou uma, já no final, co o zagueiro Diego Godín, de cabeça, em um escanteio.

O empate no final não impede que este seja o pior início do Atlético com Simeone no comando. Depois de quatro jogos, são cinco pontos de 12 possíveis. O pior início até então tinha sido com oito pontos conquistados de 12 possíveis. O desempenho do time ainda está muito abaixo do esperado e longe de se impor, ao seu estilo, contra adversários tais como o Eibar. A vitória contra o Real Madrid na Supercopa da Uefa teve um sabor especial, mas desde então o time tem jogado muito pouco para quem sonha com título, ainda que sabendo estar atrás de Real Madrid e Barcelona na lista de favoritismo.

O Eibar contou com uma atuação enorme do goleiro Marko Dmitrovic, que fez oito defesas ao longo da partida. Foram 17 chutes a gol do Atlético do longo da partida, sendo oito deles no alvo, obrigado o goleiro a fazer as defesas. O Eibar, apesar de menos ofensivo, também chutou 12 vezes ao gol, sendo três delas acertando o alvo – e uma delas o gol de Sergi Enrich, aos 42 minutos do segundo tempo.

O empate, embora seja bom resultado para o EIbar, certamente deixa os jogadores e os torcedores bastante frustrados. O time tinha a vitória na mão até os 42 minutos do segundo tempo, quando marcou o gol que parecia ser definitivo para a vitória. O gol de empate de Garcés, marcando no final, foi um balde de água fria e isso se viu em campo, com os jogadores lamentando, deitados no chão, após verem a bola entrar.

Simeone tentou vencer o jogo. Começou com Thomas Lemar, que não fez uma grande partida, e colocou Ángel Correa, logo no início do segundo tempo, aos 14 minutos. Depois, aos 26, tirou o meio-campista Rodrigo e colocou Borja Garcés, atacante, de 19 anos, para ter Antoine Griezmann aberto pela esquerda e Diego Costa e Garcés fazendo volume no ataque.

E o jovem jogador colchonero teve uma chance, depois de uma boa jogada trabalhada por Griezmann com Filipe Luís, mas foi bloqueado. O gol saiu, novamente em uma jogada de linha de fundo, mas desta vez pela direita, que Griezmann tentou o chute, não chegou na bola, e ele chutou forte, no canto, definindo o placar em 1 a 1.