Leonardo Bonucci é um dos jogadores mais importantes da seleção da Itália e, até por isso, lamenta muito que a Azzurra tenha ficado fora da Copa do Mundo de 2018. Para ele, a ausência do país no Mundial é uma marca que jamais sairá. Mais do que isso, o zagueiro, que está de volta à Juventus, considera que a ausência italiana do principal torneio de futebol do mundo é catastrófica.

LEIA TAMBÉM: Iaquinta é condenado à prisão por posse ilegal de armas em processo relacionado à máfia

“É uma marca negativa que nunca sairá das nossas carreiras como jogadores”, afirmou Bonucci em entrevista à Eleven Sports. “Não ir para uma Copa do Mundo com a seleção italiana é verdadeiramente algo catastrófico. Esse é o modo que eu vivi isso”, contou ainda o jogador, um dos líderes do elenco da Itália desde a Copa 2014.

A ausência na Rússia foi a primeira Copa do Mundo sem a Itália desde 1958, em Gales. “Teria sido uma ótima experiência a Copa do Mundo com tantos jogadores jovens prontos para carregar o seu entusiasmo com eles”, afirmou ainda Bonucci.

“Agora não há sentido ficar voltando nisso, o mais importante é voltar no caminho do modo como temos feito com Roberto Mancini. Nós temos feito mudanças no campo, agora esperamos que o presidente da FIGC , Gabriele Gravina, pode dar um grande passo à frente fora do campo também”, declarou o jogador.

A Itália disputa a Liga das Nações e está no Grupo 3 da Liga A e disputa uma vaga na próxima fase. Enfrenta Portugal neste dia 17, precisando da vitória. Em três jogos até aqui, o time venceu uma partida, empatou outra e perdeu mais uma.


Os comentários estão desativados.