Faz um tempo que o Borussia Dortmund havia anunciado o “reforço” de Usain Bolt. A lenda olímpica do atletismo passará por testes no Signal Iduna Park, o que acaba sendo uma grande jogada de publicidade – não custa lembrar que o jamaicano é o principal garoto-propaganda da Puma, que, além de ser fornecedora de material esportivo dos aurinegros, possui 5% das ações do clube. Assim, aproveitando a pausa na Data Fifa, o craque apareceu no CT do clube para dois dias de treinamento e bateu bola com os jogadores que não foram cedidos às suas seleções.

É bem difícil imaginar que as intenções do Dortmund sejam realmente sérias – embora soe no mínimo interessante a aventura do dono de oito ouros olímpicos nos gramados. O clube, de qualquer maneira, reafirma que é uma “avaliação verdadeira” e que o velocista “realmente deseja isso”. Fato é que a mera aparição do jamaicano pelo clube já gerou repercussão. Mais de mil torcedores foram acompanhar o treinamento, em que a estrela até deu suas provas de habilidade, com um gol de pênalti e outro de cabeça. Se o teste for real, então, só nisso já conseguiu mais do que Adrián Ramos em sua passagem pelo Signal Iduna Park.