Quando foi escolhido para dirigir a seleção italiana, Giampiero Ventura atendia algumas necessidades da federação. Os azzurri necessitam de uma renovação gradual de seu elenco, aproveitando melhor os jovens à disposição, virtude esta que o treinador demonstrou ao longo de sua carreira, principalmente na passagem pelo Torino. E o projeto do comandante não se limita apenas às convocações, injetando sangue novo na equipe. Nesta semana, Ventura chamou 22 jogadores, e não para qualquer Data Fifa. Eles se concentrarão entre os dias 21 e 23 de novembro, realizando treinamentos para serem observados pelo técnico.

Ventura aproveitou a próxima brecha dada pelas competições continentais. Listou apenas atletas de clubes que terão folga durante a próxima semana. Em suma, jovens que poderão participar do processo de renovação nos próximos meses, mas ainda sem espaço nas convocações principais. Tanto que o treinador trabalhará não apenas com jogadores da Serie A, mas também alguns da segunda divisão italiana. Vale lembrar que as seleções não terão compromissos oficiais até março de 2017, quando está marcada a próxima Data Fifa.

Sensação neste início de temporada, a Atalanta forma a base da lista de Ventura. O treinador aproveitará o que Gian Piero Gasperini tem feito na Dea, convocando sete jogadores do elenco. Entre eles, até mesmo Roberto Gagliardini, que integrou a Azzurra na vitória sobre Liechtenstein e no empate contra a Alemanha. Dentre os demais clubes, chama atenção a chance dada para Manuel Locatelli, de ascensão meteórica no Milan durante as últimas semanas. Antonio Barreca (Torino) e Danilo Cataldi (Lazio) são outras opções interessantes. E da Serie B vêm três nomes, incluindo dois do Beneveto, time que subiu recentemente da terceirona.

Pode até ser que a maioria destes jogadores nem passe pelo time principal da Itália. De qualquer forma, demonstra a profundidade do trabalho feito por Giampiero Ventura, que tende a render também às seleções de base. Um exemplo, que seria funcional a outros países.

Goleiros: Alessio Cragno (Benevento), Marco Sportiello (Atalanta)

Defensores: Antonio Barreca (Torino), Federico Barba (Empoli), Mattia Caldara (Atalanta), Andrea Conti (Atalanta), Federico Dimarco (Empoli), Armando Izzo (Genoa), Lorenzo Tonelli (Napoli), Francesco Zampano (Pescara)

Meio-campistas: Danilo Cataldi (Lazio), Roberto Gagliardini (Atalanta), Alberto Grassi (Atalanta), Manuel Locatelli (Milan), Amato Ciciretti (Benevento), Marco D’Alessandro (Atalanta), Luca Garritano (Cesena), Vittorio Parigini (Chievo)

Atacantes: Gianluca Caprari (Pescara), Roberto Inglese (Chievo), Gianluca Lapadula (Milan), Andrea Petagna (Atalanta)