Berbatov lembra quando jogou na zaga pelo United: “Fui Maldini, Baresi e Beckenbauer em um só”

Dimitar Berbatov é conhecido pelos seus belos gols, mas em uma partida pelo Manchester United acabou tendo a missão de evitá-los. Foi pela Copa da Liga Inglesa, em setembro de 2011, na vitória por 3 a 0 contra o Leeds. O então garoto Zeki Fryers fazia o primeiro de seus seis jogos pelos Red Devils quando se machucou. Alex Ferguson havia feito todas as substituições. Berbatov, então, foi voluntário para compor a zaga nos últimos minutos.

[foo_related_posts]

Ou mais. “Primeiro que não foram cinco minutos, foi talvez meia hora”, brincou, em um perguntas e respostas pelo Instagram. Brincou porque a terceira substituição de Ferguson naquele dia, Larnell Cole na vaga de Federico Macheda foi feita aos 32 minutos do segundo tempo.

E, como um daqueles jogadores que adoram ajudar jornalistas com uma grande frase, avaliou assim seu desempenho: “Fui como Maldini, Baresi e Beckenbauer em um só”.

Menos parcial, Owen, autor de dois gols naquele jogo, disse que Berbatov às vezes treinava na defesa. “Ele consegue jogar ali. Não foi surpresa quando ele levantou a mão e disse que iria para a zaga”, disse, após o jogo, segundo o Mirror.

A seguir, imagens daquele jogo em que Berbatov corta duas bolas em cima da linha – que, por ser em bola parada, poderia ter feito mesmo se ainda estivesse como centroavante.

.

.