O Real Madrid termina a temporada muito mais preocupado com o futuro do que com o presente. A reformulação do time, novamente sob as ordens de Zinedine Zidane, é o objetivo principal diante da falta de perspectivas nesta reta final. O treinador sente o que ainda pode extrair do atual elenco e precisa começar a traçar seus próximos planos. Assim, torna-se até natural que alguns resultados não venham, tanto pelas lacunas evidentes quanto pela falta de motivação. Neste domingo, ao menos, os merengues conquistaram uma boa vitória no Santiago Bernabéu. Derrotaram o Athletic Bilbao por 3 a 0. Karim Benzema dá seus motivos para seguir como um dos favoritos de Zizou, ao levar a bola do jogo para casa, autor de uma tripleta. Letal diante dos erros adversários, vai honrando a camisa branca nestes meses difíceis. Todos os últimos oito gols no time foram assinalados pelo centroavante.

A partida deixou muitíssimo a desejar durante o primeiro tempo. Por mais que o Real Madrid dominasse a posse de bola, criou pouco no ataque e mal aconteceram ocasiões de gol. Foram três míseras finalizações em 45 minutos, duas delas dos anfitriões. Desorganizados, os merengues tinham enormes dificuldades contra a bem encaixada defesa do Athletic. A tentativa de adiantar Luka Modric um pouco mais em campo e aproximá-lo do ataque não funcionou. Somente na volta do intervalo é que o triunfo se definiria.

O primeiro gol saiu aos dois minutos do segundo tempo. Marco Asensio cruzou com capricho e Benzema subiu no terceiro andar para cabecear. O time acordou e passou a pressionar, com um futebol agressivo que não tinha aparentado na primeira etapa. Ainda assim, o segundo tento demoraria um pouco mais e dependeria do jogo aéreo. Modric cobrou escanteio, Iago Herrerín saiu mal e Benzema cumprimentou. Keylor Navas realizou uma linda defesa para evitar o gol de Iñaki Williams. E a tripleta se confirmou nos acréscimos, em mais uma bobeada de Herrerín. O goleiro saiu desastrosamente da área e deixou o caminho livre para Benzema arriscar da intermediária, por cobertura, com a meta escancarada.

Ainda na terceira colocação, o Real Madrid soma 64 pontos. Está a quatro do Atlético de Madrid, com a possibilidade de terminar com o vice-campeonato. Já o Athletic interrompe sua boa sequência e aparece na sétima colocação, interessado em uma vaga na Liga Europa. De qualquer maneira, o prêmio do domingo vai a Benzema, ao se tornar o vice-artilheiro do campeonato, superando Luis Suárez na lista. São 21 gols, igualando sua segunda melhor marca em dez temporadas no Bernabéu – e a quatro tentos de superar a melhor. Se antes a torcida queria vê-lo pelas costas, pela falta de efetividade em tempos nos quais atuava em função de Cristiano Ronaldo, agora reconhece o seu valor por todo o esforço em carregar a equipe.