Benin saiu na frente, conseguiu o empate, mesmo depois de levar a virada, e passou mais de meia hora pressionando Gana, pelo menos semifinalista nas últimas seis edições, em busca de sua primeira vitória na Copa Africana de Nações. Não encontrou o gol que precisava, mas fez o bastante para protagonizar a maior zebra do torneio até agora. O empate por 2 a 2 em Ismaília foi o primeiro tropeço de um dos candidatos ao título no Egito.

Primeiro susto de Benin

A zebra deu o primeiro susto assim que a partida começou. Aos dois minutos, um contra-ataque rápido deixou Mickael Poté livre, dentro da área. Ele deu o drible para dentro e bateu na saída do goleiro para fazer 1 a 0. Benin mostrava que não estava para brincadeira. 

 

Os Ayews

O empate, porém, não demorou. Logo aos 9 minutos, André Ayew recebeu pela direita da grande área, abriu para a perna esquerda e bateu firme, no canto do goleiro Farnolle. Gana passou por dificuldades no restante do primeiro tempo, sofrendo para se impor e criar oportunidades, mas, antes do intervalo, o outro Ayew resolveu. E um belo gol: recebeu o passe de Nuhu, dominou driblando o adversário e soltou a perna. Gana foi para o intervalo vencendo. 

.

 

Expulsão e empate

Não estava tudo perfeitamente controlado, mas Gana havia passado do pior e pensava e matar o jogo, quando o zagueiro John Boye, com cartão amarelo, enrolou para cobrar uma falta no campo de defesa. O árbitro Youssef Essrayri, talvez um pouco rígido demais, deu a segunda advertência e o expulsou. Logo em seguida, Richard Ofori fez uma grande defesa na batida de falta de Cebio Soukou, espalmando para escanteio. A cobrança, porém, foi curta, e o chute cruzado de Dossou encontrou o oportunismo de Mickael. Ofori até tocou na bola, mas deixou passar. 

 

Em busca da primeira vitória

Por mais de 30 minutos, Benin teve um jogador a mais e pressionou Gana, mas não conseguiu marcar o gol que lhe daria a primeira vitória na história da Copa Africana de Nações – nas três participações anteriores, um empate e oito derrotas. Não deu. 

Acompanhe na DAZN: 

A Copa Africana de Nações é transmitida para o Brasil pela DAZN que, em parceria com a Trivela, oferece um mês grátis de assinatura, que pode ser cancelada a qualquer momento. Basta clicar aqui.

Ficha técnica

Gana 2 x 2 Benin

Local: Estádio Ismaília, em Ismaília
Árbitro: Youssef Essrayri (Tunísia)
Gols: André Ayew e Jordan Ayew (GAN); Mickael Poté, duas vezes (BEN)
Cartões amarelos: John Boye e Kasim Adams (GAN); Sessi D’Almeida (BEN)
Cartão vermelho: John Boye (GAN)

Gana: Richard Ofori; Andy Yiadom, Kasim Adams, John Boye e Lumor Agbenyenu; Thomas Partey, Wakaso Mubarak, Christian Atsu, André Ayew (Afriyie Acquah) e Thomas Agyepong (Samuel Owusu) (Jonathan Mensah); Jordan Ayew. Técnico: Kwesi Appiah

Benin: Fabien Farnolle; Seidou Bazaré, Moise Adilehou (Seibou Mama), Khaled Adenon, Olivier Verdon e Emmanuel Imorou; Mickael Poté, Sessi D’Almeida (Jodel Dossou), Jordan Adeoti e Cebio Soukou (David Djigla); Steve Mounie. Técnico: Michel Dussuyer