O Torino costuma servir de fonte de talentos ao futebol italiano. Que a força dos grenás esteja bem abaixo de outros tempos, o clube continua formando e desenvolvendo diversos valores interessantes. E uma das melhores mostras disso veio neste sábado, na goleada por 5 a 1 sobre o Cagliari. Em duelo entre duas equipes empatadas na tabela, que visavam se aproximar da zona de classificação às competições europeias, o Toro deslanchou graças ao seu “trio BBB”: Belotti, Benassi e Baselli. Três jogadores jovens e que podem ser úteis até mesmo à seleção italiana, ainda mais levando em conta que já são conhecidos de Giampiero Ventura.

Desta turma, Andrea Belotti é o mais celebrado. Ao longo de 2016, o centroavante foi o segundo jogador que mais marcou gols pelo Campeonato Italiano, atrás apenas de Gonzalo Higuaín. Já são oito na atual temporada, além de três assistências. Neste sábado, particularmente, o camisa 9 destoou: fez dois e ainda deu passe para Ljajic marcar o dele. Pega embalo para se juntar à seleção na Data Fifa. Convocado pela primeira vez em agosto, tem bola para a linhagem de bons centroavantes dos azzurri.

Dono de um faro de gol imenso e de uma postura combativa, Belotti alia ao seu jogo inteligência para se movimentar e trabalhar com os companheiros. O homem de área foi adaptado à posição já como profissional. Durante as categorias de base, ele se desenvolveu como meia e ponta, o que explica o seu estilo de jogo, criando muitas oportunidades também com passes. De qualquer forma, o grande trunfo do artilheiro é a capacidade nas finalizações. Algo que repercute bastante na Itália. Em outubro, ele fez um dos gols na vitória por 3 a 2 sobre a Albânia.

Mais atrás, Marco Benassi e Daniele Baselli auxiliam bastante no jogo ofensivo do Torino de Sinisa Mihajlovic. Acompanham o volante Marko Valdifiori na construção e comparecem constantemente nos arredores da área. Não à toa, cada um balançou as redes uma vez neste sábado. Aos 22 anos, Benassi é fruto da base da Internazionale, mas passou pelo Livorno antes de chegar a Turim. Já foi convocado à seleção adulta, tanto por Conte quanto por Ventura. Baselli, por sua vez, despontou na Atalanta. Nome constante nas seleções de base, o atleta de 24 anos não deve demorar a ganhar sua oportunidade no nível principal.

Juntos, os três B’s anotaram 16 dos 27 gols do Torino na Serie A, dono do melhor ataque. Além dos oito de Belotti, cada meio-campista fez quatro tentos. E dão liga a um time jovem dos grenás, com potencial de crescer bastante. Os pontas Ljajic e Falqué, bem como os laterais Zappacosta e Barreca, também compõem a jovem base titular. Os dois defensores, inclusive, já foram aproveitados nas seleções. Zappacosta, de 24 anos, participou da preparação à Eurocopa e foi chamado de volta por Ventura na última convocação, para os jogos contra Liechtenstein e Alemanha. Já Barreca vem sendo a grande revelação do Toro na temporada. Cria da base, o lateral esquerdo de 21 anos ganhou espaço na vaga do experiente Cristian Molinaro e não saiu mais, elogiado por Mihajlovic pela intensidade. Especulado pelo Milan, faz parte da Itália sub-21.

Sétimo colocado na Serie A, o Torino está três pontos abaixo da zona de classificação à Liga dos Campeões. Contudo, falta um pouco mais de constância à equipe de Mihajlovic, que desestabiliza a intensidade de seu ataque com uma defesa um tanto quanto fragilizada. Corrigindo esses problemas, dá para sonhar com as competições europeias, especialmente a Liga Europa. Afinal, não falta qualidade entre seus jovens.