A carreira de Jackson Martínez sofreu uma transformação há três anos. Desde que deixou o Porto para se juntar ao Atlético de Madrid, o colombiano viu seus números despencarem. Não conseguiu gerar o impacto esperado na Espanha e logo transferiu-se à China. Também não se deu bem no Guangzhou Evergrande, limitado por uma séria lesão no tornozelo. Passou quase dois anos sem atuar, até recomeçar novamente em Portugal, vestindo a camisa do modesto Portimonense nesta temporada. E o reencontro com a velha torcida no Estádio do Dragão não poderia ser melhor ao goleador.

O Portimonense até saiu em vantagem, mas tomou a virada e a goleada do Porto por 4 a 1. Ainda assim, o momento mais emocionante da noite aconteceu aos 29 do segundo tempo, quando Martínez foi substituído. A torcida do Porto ficou de pé para aplaudir o velho artilheiro, que recebeu os cumprimentos dos antigos companheiros. Reconhecimento àquele que, se não é mais o mesmo de outrora, ofereceu demais ao clube. Em três temporadas no Dragão, o centroavante anotou 92 gols em 136 jogos, conquistando um título nacional. No Portimonense, o colombiano tem dois gols em oito partidas nesta edição do Campeonato Português.