Bela homenagem: Dourado dedica o primeiro gol como profissional a Fernandão

Volante relembrou o ídolo do Inter, que era seu técnico quando estreou nos profissionais

Rodrigo Dourado tem sido, com sobras, um dos melhores jogadores do Internacional em 2015 – e também um dos melhores volantes do futebol brasileiro. O garoto de 21 anos fez uma grande Libertadores e segue protagonizando os colorados no Brasileirão. E o cão de guarda viveu sua noite mais decisiva neste sábado. Aos 36 do segundo tempo, desempatou o jogo difícil contra o Sport e garantiu a vitória por 2 a 1 ao Inter. Resultado que leva o time de Argel à quinta posição, a apenas um ponto de entrar no G-4.

VEJA TAMBÉM: A dor não é infinita. Infinita é a tua chegada, Fernandão

Em jogo movimentado, o Inter abriu o placar aos 19 do segundo tempo, em lance polêmico. Lisandro López finalizou duas vezes para vencer Danilo Fernandes. Os pernambucanos, contudo, pediram toque de mão do argentino, o que não aconteceu na interpretação do árbitro. O Sport conseguiu arrancar o empate aos 34, em jogada de Diego Souza que Élber completou para as redes. Mas a resposta do Inter seria imediata. Valdívia cruzou e Dourado apareceu para completar de cabeça, em seu primeiro tento como profissional.

Na saída de campo, Rodrigo Dourado se emocionou ao dar entrevista. Relembrou sua estreia no time principal, justamente contra o Sport. Uma chance dada por Fernandão, o ídolo póstumo dos colorados, quando ainda era técnico da equipe. O garoto não conteve as lágrimas. Sucesso merecido para um talento de muito futuro no futebol. Dominante na cabeça de área, Dourado combina poder de marcação e saída de bola segura. Além disso, já demonstra muita maturidade, de quem rodou também pelas seleções de base. Xodó precoce dos colorados que vai construindo boa carreira no Beira-Rio.