O Bayern de Munique entrou em campo com sede de resolver rapidamente a partida contra o Colônia e isso se refletiu em três gols nos primeiros 12 minutos da vitória por 4 a 1 que devolveu os bávaros ao primeiro lugar do Campeonato Alemão.

O RB Leipzig havia passado à frente com o triunfo por 3 a 0 sobre o Werder Bremen, no último sábado, mas o Bayern de Munique chegou a 46 pontos, um a mais que o adversário, com sua sétima vitória nas últimas oito rodadas da Bundesliga.

O primeiro gol foi marcado naturalmente por Lewandowski, com 23 tentos em 22 partidas pela liga alemã, média até que bem razoável, ao receber o passe de primeira de Müller pela esquerda da grande área e emendar um forte chute de perna esquerda.

Dois minutos depois, Alphonso Davies soltou para Lewandowski, que tentou achar espaço para finalizar novamente, não conseguiu e rolou para Müller, que soltou com Coman, na marca do pênalti, fazer 2 a 0.

O terceiro quase saiu aos oito minutos, quando Kimmich soltou a perna de fora da área, Timo Horn defendeu, e Gnabry não conseguiu pegar o rebote direito. Ele se redimiu logo em seguida ao dominar a cobrança de escanteio de Kimmich, buscar o ângulo cortando para o meio e bater rasteiro e firme de perna direita no canto de Horn.

O quarto gol poderia ter saído ainda no primeiro tempo. Thiago bateu torto, de frente para o gol, e Gnabry chegou a driblar o goleiro antes de, desequilibrado, acertar o travessão. Com um forte chute cruzado, Kimmich também balançou a trave, e Coman entortou Ismail Jakobs antes de rolar para Müller chegar batendo, para fora.

Gnabry estava afiado e, aos 21 minutos da etapa final, saiu da esquerda em alta velocidade, entrou em diagonal, rápido demais para Jonas Hector e bateu colocado da entrada da área para levar o Bayern a 4 a 0 com um lindo gol.

O Colônia, enfim, abriu as asinhas e conseguiu descontar, aos 25 minutos, em contra-ataque puxado por Jhon Córdoba. Ele tocou para Florian Kainz, à esquerda, e o cruzamento rasteiro encontrou Mark Uth na outra trave, livre e sem goleiro.

Gnabry ficou próximo de completar sua tripleta em uma boa trama do Bayern de Munique que novamente começou com Alphonso Davies voando pela lateral esquerda. Ele tocou para Müller que deixou de calcanhar para Gnabry. De frente para o gol, o ponta bateu colocado e não fez o quinto dos bávaros por muito pouco.

Manuel Neuer precisou trabalhar bem nos minutos finais defendendo tentativas de Córdoba e Anthony Modeste, que saíram cara a cara, mas pararam em ótimas defesas do goleiro alemão.

.

.

Classificações Sofascore Resultados

.