Naquele que promete ser o duelo mais equilibrado da Liga dos Campeões 2011/12 até o momento, o Bayern Munique recebe o Real Madrid na Allianz Arena nesta terça-feira, no jogo que abre as semifinais da competição.

O confronto pode ser encarado como um “teste de fogo” para as duas equipes, que enfrentaram adversários bem mais fáceis nas fases anteriores, sobretudo para os bávaros, apontados como única equipe capaz de bater

Já conformado com o provável vice-campeonato alemão, o Bayern Munique poupou vários de seus principais jogadores no sábado contra o Mainz 05 e contará praticamente com força máxima para o duelo. Bastian Schweinsteiger volta após cumprir suspensão, mas o técnico Jupp Heynckes ainda não sabe se promoverá o retorno dele ao time ou se irá manter Toni Kroos como volante, com Thomas Müller na criação de jogadas.

As principais esperanças da equipe, no entanto, repousam sob os pés do trio formado por Arjen Robben, Frank Ribéry e Mario Gómez, este último vice-artilheiro da Liga dos Campeões com 11 gols. Os bávaros contam também com um trunfo histórico: em nove partidas em casa contra o Real Madrid na Liga dos Campeões, jamais perderam: foram oito vitórias e um empate.

No Real Madrid, a expectativa fica por conta da escalação ou não de Kaká no time titular, formando a linha de meias ofensivos. O técnico José Mourinho poderá escolher dois jogadores entre ele, Mesut Özil e Ángel Di María. O volante Xabi Alonso retorna ao onze inicial após cumprir suspensão, mas Ricardo Carvalho e Lass Diarra, ficam de fora por lesão.

Cristiano Ronaldo, autor de oito gols no torneio, está confirmado, assim como Karim Benzema, que balançou as redes em sete oportunidades.