Apesar da conturbada saída do Nantes, Fabien Barthez afirmou que não ainda não chegou a hora de encerrar sua carreira. Em entrevista publicada na edição desta quinta-feira do diário L’Équipe, o goleiro, de 35 anos, afirmou que jogará por ‘mais duas temporadas’.

O jogador, um dos reforços contratados pelos Canários no meio da temporada, deixou o clube nesta semana após trocar socos com um torcedor no sábado. O incidente ocorreu pouco depois da derrota do Nantes para o Rennes por 2 a 0. O resultado dificulta ainda mais a situação da equipe, lanterna da Ligue 1 e fadada ao rebaixamento.

 

“Recebi um telefonema de Eric Cubilier [zagueiro do Nantes] antes do jogo. Ele me pediu para não vir ao estádio, pois havia um grupo de torcedores que queria me pegar depois da partida”, disse o goleiro, que afirmou ter seu carro cercado por cinco ou seis fãs logo depois do duelo com os bretões.

“Eles estavam muito agressivos, violentos, e bateram no pára-brisas, chutando o carro. Meu padrasto estava comigo. Um dos torcedores abriu a porta e tentou me dar um chute. Se não saio do carro, teriam acertado minha cabeça”, defende-use Barthez. Contudio, o diário Ouest France contesta a versão dele. Testemunhas ouvidas pelo jornal afirmaram que o veículo de Barthez não foi atingido em momento algum.

Devido aos problemas vividos no clube, Barthez tomou uma decisão. “Nunca mais jogo no Nantes. É muito complicado, não quero me arriscar e deixar meu filho me ver sendo maltratado”, comentou. Em seguida, ele descartou a hipótese de parar de jogar. “Isso está fora de questão. Sinto que ainda tenho dois anos pela frente”.

Logo depois da Copa do Mundo, na qual foi titular da seleção francesa, Barthez ficou sem jogar até dezembro. No Nantes, ele cometeu algumas falhas que determinaram resultados ruins para os Canários, o que motivou diversas críticas por parte da torcida. A quatro rodadas do final da Ligue 1, o time está com 30 pontos, oito a menos do que o Nice, última equipe a se salvar da queda neste momento.


Os comentários estão desativados.