Quando seu time vive um mau momento, a torcida espera que o treinador aposte todas as fichas em seus principais jogadores, certo? No caso do Barcelona, não. Com apenas seis pontos em quatro partidas – o pior início de temporada desde Bobby Robson, nos anos 90 – o técnico Frank Rijkaard vai a Sevilha, para enfrentar o Betis, sem duas peças chave de seu elenco: Ronaldinho e Deco.

Criticado pela decisão, o técnico argumentou que os deixará de fora não por razões técnicas, como insiste parte da mídia espanhola, mas sim para descansá-los para o jogo da Liga dos Campeões, contra a Udinese, na terça-feira. Outro desfalque é Rafa Márquez, ainda não recuperado de uma contratura muscular. Também em situação ruim, o Betis tem a seu favor um tabu: o Barça não vence no Manuel Ruiz de Lopera, pelo campeonato espanhol (venceu na Supercopa), desde a temporada 98/99.

Já no Real Madrid, aliviado após a boa vitória por 3 a 1 sobre o Athletic Bilbao, a ordem é embalar contra o Alavés, lanterna com apenas dois pontos. Helguera deve continuar como desfalque e Ronaldo sentiu dores no joelho direito durante a volta aos treinos nesta sexta, sem nada grave. Sérgio Ramos volta à zaga após cumprir suspensão, assim como Júlio Baptista.

Também no domingo, as atenções estão voltadas para Vigo, onde o líder Celta (nove pontos) recebe o Sevilla. A única dúvida é Fernando Baiano, autor dos dois gols da vitória contra o Villarreal, substituído no final da partida por sentir dores.

De olho nesse confronto estão La Coruña e Getafe, que tentam vencer para roubar a liderança. No sábado, ambos enfrentam, fora de casa, Atlético de Madrid e Zaragoza respectivamente.

Jogos deste fim de semana:

Sábado, 24/setembro
Atlético de Madrid x Getafe
Zaragoza x La Coruña
Valencia x Real Sociedad
Espanyol x Villarreal
Betis x Barcelona

Domingo, 25/setembro
Athletic Bilbao x Racing Santander
Osasuna x Cádiz
Mallorca x Málaga
Alavés x Real Madrid
Celta x Sevilla