Ligado no turbo graças a Ansu Fati, o Barça deixou ótima impressão na estreia com Koeman e atropelou o Villarreal

O Barcelona iniciou oficialmente sua nova era neste domingo, com a estreia no Campeonato Espanhol diante do Villarreal. E contra um adversário que vem de boa temporada, também com reforços interessantes no mercado, o time de Ronald Koeman saiu bem melhor que as expectativas. Lionel Messi deixou seu gol, mas não foi o nome da noite no Camp Nou. Quem se aponta ao futuro blaugrana é Ansu Fati, de contrato renovado nesta semana. O garoto correspondeu com um primeiro tempo imparável, incluindo dois tentos e um pênalti sofrido. Abriu o caminho aos 4 a 0 do Barça, que sequer precisou forçar na volta do intervalo. Philippe Coutinho e Lenglet foram outros destaques individuais na equipe, que coletivamente merece elogios pelo futebol mais veloz e vertical.

Koeman escalou o Barcelona num 4-2-3-1. Sergio Busquets e Frenkie de Jong formavam a dupla de volantes. Mais à frente, o trio composto por Antoine Griezmann, Philippe Coutinho e Ansu Fati. Já na frente, Lionel Messi. Os blaugranas não precisaram de muito tempo para mostrar que conseguiriam fazer mais que na temporada passada, com uma ideia de jogo clara. Tinham uma posse objetiva e viam sua criatividade se concentrar pela esquerda, com Fati. O garoto criou uma boa jogada que Messi não aproveitou e, aos 15, tratou de abrir o placar. Clément Lenglet lançou, Jordi Alba chegou à linha de fundo e passou para o meio da área, onde o ponta acertou um míssil rumo às redes.

Era um Barcelona mais leve, com mais chegada, ainda que quase sempre pendesse ao lado de Fati. E o segundo gol logo veio aos 19. Desta vez Coutinho puxou o ataque rápido e passou ao prodígio, que dominou e bateu rasteiro. Sergio Asenjo também precisaria trabalhar, com uma ótima defesa em arremate de Alba. E em meio a uma sequência de ameaças, Fati sofreria pênalti aos 33, em contato leve com Mario Gaspar. Messi cobrou rasteiro e Asenjo até tocou a bola, mas não evitou a comemoração.

Neto mal precisava aparecer do outro lado, um pouco mais exigido nas saídas do gol. Seria diferente com Asenjo, que tentava adiar ao máximo um placar mais elástico, com uma defesaça em desvio de Coutinho dentro da área. O problema seria o fogo amigo: nos acréscimos, o quarto gol seria contra, de Pau Torres. Messi cruzou para Busquets e o zagueiro mandou contra o próprio patrimônio.

Unai Emery voltou ao segundo tempo com duas mudanças, mas de novo o Barcelona começou no ataque. Os blaugranas forçavam um pouco menos, com Ansu Fati contido. Apesar das tentativas, as finalizações não eram tão boas. E quando o Submarino Amarelo descontou aos oito, o gol de Gerard Moreno foi anulado por impedimento. Os visitantes saíam mais, com Neto vencendo o duelo contra Moreno. E quem queria mais pelo Barça era Messi, de novo botando Asenjo para trabalhar, em pancada que o goleiro espalmou à linha de fundo.

Aos 25, Ansu Fati e Coutinho sairiam de campo, para as entradas de Ousmane Dembélé e Pedri. Já o Villarreal ganhou o talento de Takefusa Kubo. O jogo cairia de ritmo com as alterações, que ainda incluíram as estreias de Miralem Pjanic e Trincão com a camisa blaugrana. O Submarino Amarelo seguia tentando na reta final, com boa participação de Kubo, que pararia duas vezes em Neto. Já do outro lado, Asenjo continuava segurando uma goleada maior, pegando os chutes de Trincão e Messi. O jogo ganhou ares de treino neste momento, até que o apito final fechasse a conta para o Barça.

O Barcelona soma os primeiros três pontos em La Liga, com uma atuação muito mais convincente que o Real Madrid – ainda que sem anotar tantos gols quanto o Atlético de Madrid. Por mais que a chegada de Luis Suárez ao Metropolitano tenha surtido efeito imediato, não é que o centroavante fez falta dessa vez. O Villarreal, por outro lado, ficou devendo. Depois de quatro pontos conquistados nas duas primeiras rodadas, estaciona no meio da tabela. Estava muito difícil parar Ansu Fati, mas o Submarino Amarelo também demorou a apresentar algo no ataque.

Barcelona x Villarreal (Fonte: WhoScored)

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore