Mario Balotelli teve atuação decisiva pela seleção italiana nesta terça-feira. Mais que o terceiro gol marcado sobre a Dinamarca, o atacante se entregou em campo, especialmente depois da expulsão de Pablo Osvaldo. O resultado ajuda a Azzurra a abrir vantagem no Grupo B das eliminatórias da Copa, agora com 10 pontos.

“Esperava vencer esta partida. A Dinamarca marcou pouco antes do intervalo e a situação se complicou, mas foi bom marcar nesta noite. Tanto no City quanto na seleção, eu sempre me esforço para melhorar meu nível de participação coletiva. Tenho essa humildade há um tempo e posso continuar a tê-la sem problemas”, afirmou.

A atuação também rendeu elogios do técnico da Azzurra, Cesare Prandelli: “Mario tem que jogar como nesta noite, com este nível de generosidade. Encontramos algumas dificuldades iniciais, mas jogamos um excelente futebol durante 20 minutos. Quando ficamos com 10, demonstramos espírito de um grande time, lutamos de maneira organizada e determinada. Mais uma vez, os jogadores foram brilhantes”.

Já Riccardo Montolivo comentou as virtudes do companheiro no jogo: “Balotelli foi simplesmente magnífico depois que Osvaldo foi expulso. Ele levou perigo à defesa da Dinamarca sozinho. Segurou bem a bola e trabalhou muito duro pelo time. Se esse for o Balotelli verdadeiro, ele tem um grande futuro pela frente com a seleção”.